Início Notícias Nem tudo é festa: famílias inteiras vendem bebidas no carnaval e dormem...

Nem tudo é festa: famílias inteiras vendem bebidas no carnaval e dormem na rua

Bocão News

Um grupo de aproximadamente 25 moradores do bairro de Fazenda Coutos veio vender bebidas no circuito da Barra. Mesmo com poucas esperanças nas vendas a dona de casa, Ana Rita de Cassia dos Santos, 31 anos, veio com o marido, sobrinha e o filho Davi, de apenas três anos. “Esse ano está mais fraco e tivemos muita dificuldade para conseguir os materiais para vender”.

Ela vem há 10 anos vender na Barra e na Avenida Marques de Leão. Rita vai passar os dias de carnaval com a família em tentando melhorar as vendas. Enquanto isso, o pequeno Davi brinca entre as latas amassadas que serão vendidas para reciclagem e são uma esperança a mais para renda da família da moradora da Fazenda Coutos.

Com 20 pessoas da família, Raimundo Teixeira dos Santos, também veio da Fazenda Coutos. Espalhados pelo circuito com caixas de isopor vendendo cerveja no circuito da Barra. Na hora de descansar, todos acampam na Avenida Marque de Leão e dormem na calçada. Para usar banheiros, eles pagam valores entre R$ 3 e R$ 5 em estabelecimentos próximos. “A gente paga R$ 3 para usar o banheiro de uma academia aqui perto”, disse.

Semelhantes a família de Raimundo e Rita de Cássia, muitas  enfrentam dificuldades e até se arriscam para conseguir a renda no carnaval.