Início Camaçari Músico é sequestrado por traficantes após show em Vila de Abrantes; bandidos...

Músico é sequestrado por traficantes após show em Vila de Abrantes; bandidos teriam se irritado por ele morar em outra área

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Um músico está desaparecido após um show em Vila de Abrantes, Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Renato Santos Evangelista Sobrinho, conhecido como “Renatinho”, sumiu na madrugada do domingo (21/11).

A vítima, que morava em Portão – bairro controlado por uma facção criminosa diferente do grupo que atua em Vila de Abrantes -, estava trabalhando na região conhecida como “Mutirão”. Após o show, segundo testemunhas, ele foi chamado por traficantes. Os outros integrantes da banda não teriam informado sobre os detalhes do ocorrido.

“Chegou lá no ‘Mutirão’, os traficantes pegaram ele, como se ele fosse traficante de Portão. Ele era inocente, trabalhava com todos. Isso não está certo. Eles pegaram o menino e enterraram o corpo”, disse um dos amigos de Renato, desacreditando sobre Renato ainda estar vivo.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

“Foi um amigo que eu perdi. Quero saber o que a Justiça vai fazer. A Justiça aqui é cega? Se eu roubar no mercado, com fome, eu sou preso rapidinho. O menino foi tocar de consciência limpa. Se ele tivesse maldade, ele não iria, eu sei. Era trabalhador. Tenho certeza que no outro dia ele estaria ajudando a mãe na Praia de Buraquinho”, completou.

A mãe do músico, abalada, resumiu o caso. “Eles pegaram meu filho. Ele está em algum lugar. Era um menino querido, só queria saber de tocar. Trabalhava também com o padrinho de marceneiro. Eu fui atrás dele. Liguei para meu filho. Nesse dia à noite [do show] ele estava tão feliz, tão sorridente. Não tinha maldade com ninguém. Nunca fez maldade para ninguém”, disse a mulher, de prenome Paula.

Por conta do sumiço, um grupo realizou um protesto na manhã desta terça-feira (23/11) na BA-099 (Estrada do Coco). O caso está sendo apurado pela 26ª Delegacia Territorial (DT/Abrantes). De acordo com os familiares do músico, os integrantes da banda que fizeram o show junto com “Renatinho” estão sendo ouvidos na unidade.

Com informações do Aratu ON