Início Polícia Mulheres que estupravam filhas, filmavam e colocavam na internet são presas

Mulheres que estupravam filhas, filmavam e colocavam na internet são presas

Mulheres que estupravam filhas, filmavam e colocavam na internet são presas 1
Crédito da Foto: imagem ilustrativa

Duas mulheres acusadas de participarem de uma série de estupros e torturas contra duas crianças, uma de 5 anos e uma de 12 anos, foram presas nesta quinta-feira (19/9), no interior de São Paulo. De acordo com informações da Agência Brasil, uma das crianças que aparecem nas gravações é filha de uma das detidas e a outra é filha de um homem preso na mesma operação. Os estupros eram filmados e distribuídos em fóruns da “deep web” (zona da Internet de difícil acesso, muito utilizada para divulgar conteúdos criminosos, como venda de órgãos e pedofilia).

A ação faz parte da operação Pedomon, da Polícia Federal (PF), que começou em maio deste ano. A entidade informou que a investigação começou após a Interpol avisar que havia prendido um casal de ucranianos que produzia e distribuía arquivos contendo imagens de abuso sexual infantil naquele país, quando foi identificada a participação de um brasileiro no crime, pai da outra criança.

Ainda de acordo com a PF, o homem tentou destruir seu laptop e celulares, sem sucesso. Os dois objetos possuíam diversos arquivos contendo cenas de abuso sexual praticadas por ele em companhia de duas mulheres, tendo duas crianças como vítimas. A primeira fase da operação não fora divulgada à imprensa a fim de não prejudicar a identificação de outros envolvidos.