Início Salvador MP-BA investiga empresa que administra estacionamento da Fonte Nova por preços abusivos

MP-BA investiga empresa que administra estacionamento da Fonte Nova por preços abusivos


Por: Tiago Di Araujo | BNews

A Estapar, nome fantasia da empresa Allpark Empreendimentos Participações e Serviços S.A, responsável pela cobrança de estacionamento da Arena Fonte Nova, em Salvador, passou a ser alvo de uma investigação por possíveis abusos no preço cobrado no estádio. A denúncia foi feita ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) por 48 torcedores, que em agosto, se mobilizaram nas redes sociais com a hashtag “NãoEstacionenaFonte” e ganhou apoio do clube.

O inquérito foi instaurado pela 5ª Promotoria de Justiça do Consumidor, por meio da promotora Joseane Suzart Lopes da Silva, e tem como propósito “investigar suposta “pratica de preços abusivos, diferenciados e desproporcionais“, “especialmente em dias de jogos do Esporte Clube Bahia, na Arena Fonte Nova”.

Conforme noticiado pelo BNews, torcedores comprovaram através de imagens que nos dias de jogos, o valor cobrado pela Estapar no estacionamento do estádio é de R$ 25 para carros e R$ 20 para motos. Enquanto em outros eventos, é cobrada a tarifa única de R$ 10.

Na época, a Estapar informou que “o preço praticado no estacionamento da Arena Fonte Nova é um dos menores do mercado brasileiro, se comparado a outras arenas e estádios do padrão da Arena Fonte Nova”. Procurada pela reportagem do BNews nesta quarta-feira (10), a empresa enviou exatamente o mesmo posicionamento dado no mês de agosto. “A empresa explica que o preço praticado no estacionamento da Arena Fonte Nova é um dos menores do mercado brasileiro, se comparado a outras arenas e estádios do padrão da Arena Fonte Nova. A companhia reitera ainda que faz com frequência campanhas promocionais para as vendas antecipadas, de forma online (Garanta sua Vaga), gerando mais comodidade e benefícios aos torcedores”.