Início Destaque Morre professor baleado durante tentativa de assalto no Rio Vermelho

Morre professor baleado durante tentativa de assalto no Rio Vermelho

Danilo Fortuna Mendes de Souza, 36 anos, morreu na noite deste sábado (22), no HGE

Danilo trabalhava na Universidade Católica de Salvador (Ucsal) (Foto: Acervo Pessoal)

Por correio da Bahia

O professor universitário Danilo Fortuna Mendes de Souza, 36 anos, morreu na noite deste sábado (22), no Hospital Geral do Estado (HGE), onde estava internado desde a última quinta-feira (20) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) . Danilo foi atingido por um tiro no abdômen durante um assalto na Rua Potiguares, bairro do Rio Vermelho. O velório ocorrerá no Cemitério Campo Santo neste domingo (23), com uma missa às 15h30 e sepultamento às 16h30.

O professor foi encaminhado ao hospital e, durante uma cirurgia para controlar a hemorragia, teve duas paradas cardíacas. O procedimento teve que ser interrompido. Durante todo o período em que esteve internado, familiaes informaram à imprensa que o quadro de saúde de Danilo era delicado e requeria muita atenção.

Pelo fato de ter perdido muito sangue, a família de Danilo iniciou uma campanha para que doadores do tipo sanguíneo O negativo pudessem ajudá-lo. Nas redes sociais, um dos primos do professor agradeceu a quem ajudou.

É com imensa dor que venho comunicar o falecimento de meu primo, Danilo Fortuna, vítima da violência que assola nosso país. Muito obrigado a todos que compartilharam e doaram sangue. Ele era uma pessoa extraordinária. Assassinaram não só uma pessoa, mas toda uma família”, escreveu Paulo Américo.

A Universidade Católica de Salvador, onde Danilo ensinava no curso de Arquitetura, também emitiu uma nota de pesar. “É com grande pesar que a Universidade Católica de Salvador comunica o falecimento do professor Danilo Fortuna Mendes de Souza, do curso de Arquitetura. A Universidade transmite condolências aos familiares e amigos. Disse-lhe Jesus: ‘Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente'”.

O crime aconteceu próximo à entrada do campus da Unifacs, que fica na Rua do Canal. Testemunhas afirmaram que Danilo estava conversando próximo à instituição quando os suspeitos anunciaram o assalto. Os homens, que estavam em um veículo modelo Gol, roubaram o celular do professor e fugiram. Antes, atiraram no professor, que foi atingido no abdômen, do lado direito.

A 12ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho) fica a 450 metros de distância do local onde Danilo foi baleado.

Policiais militares socorreram o professor, que foi levado numa viatura para o HGE, acompanhado por uma aluna. O assalto aconteceu às 13h50 da quinta-feira (21), segundo o registro feito no hospital.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) afirmou que a 7ª Delegacia (Rio Vermelho) vai investigar o crime, classificado inicialmente como tentativa de latrocínio. Os suspeitos ainda não foram identificados.