Início Salvador Moradores de Pituaçu pedem doações para sobreviventes de tragédia

Moradores de Pituaçu pedem doações para sobreviventes de tragédia

Por Correio da Bahia

Quatro pessoas morreram no desabamento do imóvel (Foto:Reprodução | Correio 24h)

Vizinhos, parentes e amigos das vítimas do desabamento do imóvel de Pituaçu, que resultou na morte de quatro pessoas da mesma família, na última terça-feira (13), realizam uma campanha para conseguir doações de roupas, comida, móveis e dinheiro para os sobreviventes da tragédia. A campanha #AmigosdeLeco já recebeu algumas doações e qualquer pessoa pode ajudar.

Os sobreviventes Alex Pereira de Jesus, 29 anos, sua esposa Beatriz Menezes, 30, e a filha Sabrina Menezes, 11 meses, estão abrigados na casa de amigos, no bairro de Plataforma, no Subúrbio.

Como doar?

Quem quiser ajudar a família pode realizar depósitos em duas contas: a primeira é a de Maria Bispo dos santos (Agência 1510 / Operação 013 / CP: 24732-1). A segunda conta é a do próprio Alex (Agência 4121 / Operação 013 / CP: 4823-1).

As roupas e alimentos podem ser doados em dois pontos de recolhimento. O primeiro é próximo ao endereço da tragédia, na Rua Alto de São Francisco, 206, em Pituaçu. Já o segundo é na rádio comunitária do bairro, que fica na 3ª Travessa Netuno.

Relembre o caso

A chuva que atingiu Salvador e Região Metropolitana na manhã desta terça-feira (13) provocou o desabamento do imóvel de quatro pavimentos na Rua Alto de São João. Um adolescente de 12 anos, uma criança de 1 ano e dois adultos de 31 e 34 anos morreram.

De acordo com a Defesa Civil de Salvador (Codesal), sete pessoas estavam no local quando a construção ruiu, pouco antes das 6h. Foram sete horas de buscas – os bombeiros encerraram o trabalho por volta de 13h30, quando resgataram a quarta e última vítima.

O corpo de Robert de Jesus, 12, foi o primeiro a ser retirado dos escombros durante a operação de resgate dos bombeiros. Já o corpo do tio dele, Allan Pereira de Jesus, 31, foi retirado na sequência, por volta de 11h10. Ao meio-dia os bombeiros retiraram o corpo de Arthur, 1 – sobrinho de Allan e filho da doméstica Rosemary Pereira, 34, que foi encontrada sem vida e teve o corpo retirado dos escombros por volta das 13h20. Rosemary era mãe de Arthur e Robert.

Outras quatro pessoas foram resgatadas com vida. Irmão de Rosemary, Alex Pereira de Jesus, 29, sua mulher Beatriz, 30, e a filha do casal, Sabrina Menezes, 11 meses, foram retirados com a ajuda da população, e Rosângela Santana de Jesus, 30, que passou mal, mas não estava no imóvel, foram encaminhadas para atendimento médico pelo Samu.