Início Camaçari Moradora denuncia casos de Covid-19 em escolas de Camaçari não divulgados

Moradora denuncia casos de Covid-19 em escolas de Camaçari não divulgados

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

De acordo com o Correio 24 horas, uma moradora de Camaçari, município localizado na Região Metropolitana de Salvador, denunciou um suposto surto de covid-19 que estaria ocorrendo entre funcionários de quatros instituições de ensino municipal da cidade. De acordo com ela, ciente dos casos, a gestão municipal teria tentado abafar os registros positivos de funcionários para o vírus.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

“Teve dois casos confirmados em duas escolas, mas, na verdade, em quatro tiveram funcionários testados com covid. Não sei ao certo quantos foram em cada uma. Porém, está tudo muito escondido. Eu fiquei sabendo de duas dessas escolas pelo fato de ter colegas que trabalham lá”, diz.

Ainda segundo a fonte, que preferiu não se identificar, além de tentar não dar visibilidade aos casos, a prefeitura não tem respeitado os protocolos para conter o avanço do vírus nas instituições.

“Não houve orientação da secretaria de saúde. A prefeitura não disponibiliza teste para os funcionários, pensei que o protocolo era de testar os demais que estiveram em contato com os infectados”, questiona.

Procurada pela reportagem do Correio, a Prefeitura de Camaçari confirmou casos de covid-19 em duas instituições e não quatro: o Colégio Municipal Engenheiro Ruy Bacelar e a Escola Municipal Félix Joaquim de Moraes. No entanto, ressaltou que vem tomando todas as medidas cabíveis para lidar com a situação e que, inclusive, suspendeu as aulas presenciais nessas escolas.

“Os servidores envolvidos que residem no município de Camaçari estão sendo monitorados pela equipe da Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde (Sesau). A administração municipal esclarece ainda que as aulas presenciais nessas unidades foram suspensas, estando garantida as atividades remotas”, escreve por meio de nota.

Fonte: Correio da Bahia