Início Salvador Mistério: cerca de 90 casos de dermatite são registrados em 9 bairros...

Mistério: cerca de 90 casos de dermatite são registrados em 9 bairros de Salvador; município e Estado divergem


Por BNews

Os casos de dermatite registrados no Greenville, em Patamares, subiram para 79. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), todos os casos na capital baiana foram registrados na região do condomínio de luxo, mas dados da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) apontam que moradores de outras regiões já notificaram ter os mesmos sinais e sintomas da doença: prurido (coceira) e exantemas (erupções cutâneas vermelhas).

Ainda de acordo com a Sesab, 11 casos são provenientes de bairros distintos: Canabrava, Canela, Pau da Lima, Fazenda Grande II, Jardim das Margaridas, Dom Avelar, Cajazeiras, São Marcos e Lauro de Freitas. Esses pacientes deram entrada no Hospital São Rafael.

Outra divergência entre as duas secretarias é quanto aos números de pacientes no Grenville. A SMS afirma que, na manhã desta sexta-feira (19), já eram 79, enquanto a Sesab diz que são apenas seis casos. Segundo a assessoria da SMS, como o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) está acompanhando as investigações os números são dinâmicos e podem ainda não ter sido repassado para a Sesab.

Ao BNews, o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, afirmou que a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP) coletou amostras de pacientes e deram negativos para zika virus, dengue, chikungunya e sarampo. Uma equipe de Vigilância em Saúde está no Greenville para continuação da coleta e em breve disponibilizarão relatório com mais detalhes. As causas do surto ainda não foram identificadas.

A SMS informou que no dia 05 de outubro o CIEVS tomou conhecimento da ocorrência nos residentes no complexo de condomínios Greenville apresentando um quadro dermatológico a esclarecer. No dia 06, o CIEVS iniciou a investigação epidemiológica e, desde o dia 09, uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses realizou visita no local a fim de realizar vigilância entomológica (identificação e controle de mosquitos).