Início Mata de São João Mata de São João registra primeiro caso de coronavírus

Mata de São João registra primeiro caso de coronavírus

Mata de São João registra primeiro caso de coronavírus 1
(Foto: Shutterstock)

Uma mulher, que tem apenas sintoma de tosse seca, é o primeiro paciente testado positivo para o COVID-19 em Mata de São João, no Litoral Norte baiano. Ao divulgar detalhes do caso nas redes sociais, o prefeito Marcelo Oliveira alertou a população para intensificar as medidas de isolamento social.

Segundo informações do prefeito, trata-se de uma jovem de 24 anos, residente do bairro do Caboré, na sede do município. Ela procurou o Hospital Municipal no dia 22 deste mês, após sentir falta de ar e falta de paladar. No mesmo dia foi feita a coleta do material, que foi enviado para o Laboratório Central (Lacen) do Governo do Estado.

“Ela vem se recuperando muito bem. Apresenta apenas uma tosse seca, que ainda a incomoda, e continua sendo monitorada pela equipe da Secretaria de Saúde do Município, junto com toda a família. Estamos fazendo um acompanhamento mais intenso e rigoroso. Ela mora com dois filhos pequenos”, informou o prefeito, em nota.

O último boletim diário do município, divulgado na segunda-feira (27), apresentou ainda 114 casos notificados, sendo que 86 foram descartados e outros 27 pacientes suspeitos seguem em monitoramento pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Sabíamos que mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer. Portanto temos a certeza que o vírus está entre nós e por isso o nosso cuidado redobra. A nossa responsabilidade aumenta e aquela preocupação com isolamento social agora se reveste da mais alta importância”, afirmou o chefe do executivo municipal, em nota oficial divulgada no final da tarde de ontem.

Confira na íntegra:
“Hoje tivemos a confirmação primeiro caso de contaminação por COVID-19 em Mata de São João. Trata-se de uma jovem de 24 anos, residente do bairro do Caboré, na Sede do município. Ela procurou o Hospital Municipal no dia 22 deste mês, após sentir falta de ar e falta de paladar. No mesmo dia foi feita a coleta do material, que imediatamente foi enviado para o Laboratório Central (Lacen) do Governo do Estado.

Ela vem se recuperando muito bem. Apresenta apenas uma tosse seca, que ainda a incomoda, e continua sendo monitorada pela equipe da Secretaria de Saúde do Município, junto com toda a família. Estamos fazendo um acompanhamento mais intenso e rigoroso. Ela mora com dois filhos pequenos.

Sabíamos que mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer. Felizmente foi mais tarde. Antes era só a expectativa e suposição, mas agora temos a certeza que em Mata de São João tem um caso confirmado de Coronavírus. Portanto temos a certeza que o vírus está entre nós e por isso o nosso cuidado redobra.

A nossa responsabilidade aumenta e aquela preocupação com isolamento social agora se reveste da mais alta importância. Mais do que nunca as pessoas têm de ficar em casa. Têm que respeitar a quarentena, porque podemos pegar o vírus ali na esquina.

Então fica aqui o meu apelo para toda a população de Mata de São João. Ao constatar essa primeira contaminação aqui em nosso município, atentem cada vez mais para o isolamento social, para que vocês permaneçam em casa, evitem o contato com outras pessoas. Evitem mais do que nunca as aglomerações, os contatos físicos. Faça a higiene das mãos. Ao sair de casa usem máscaras de proteção. Se não tiver acesso à água e ao sabonete, use álcool gel ao aproximar-se de alguma pessoa, ao tocar em alguma superfície.

Essa agora é a nossa grande preocupação. Que o vírus não se espalhe pela cidade. Ele está entre nós, mas nós não vamos deixar que ele se espalhe. Como eu disse, nós ainda precisamos de algum tempo para concluir a montagem da estrutura de atendimento aos casos graves que certamente virão. Mas não pode ser agora.

Portanto você, que mora aqui em Mata de São João, proteja-se, proteja sua família e proteja os seus idosos mais do que nunca, para que a gente possa enfrentar e vencer essa pandemia”.