Início Brasil Mariana Merlo Nascimento, revelação do ciclismo capixaba, tem “mal súbito” e morre...

Mariana Merlo Nascimento, revelação do ciclismo capixaba, tem “mal súbito” e morre aos 27 anos

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Considerada uma revelação do ciclismo capixaba, a atleta Mariana Merlo do Nascimento, de 27 anos, morreu na noite desta sexta-feira (14), em Colatina, no Norte do Espírito Santo, após se sentir mal durante a tarde. A família acredita que ela tenha sofrido um mal súbito.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Ana Paula Merlo, irmã de Mariana, informou que a atleta estava no interior, sentiu dores durante a tarde e foi levada ao Hospital Sílvio Avidos, em Colatina. Por volta das 20 horas, a atleta morreu. O corpo foi trazido para Vitória para realização de autópsia.

Mariana acumulava diversos prêmios na categoria elite, sendo campeã capixaba da Mountain Bike XCM 2020, entre outras competições.

O presidente da Federação Espírito Santense de Ciclismo (FESC), Marcos Paulo Silva Duarte, destacou que Mariana era uma atleta revelação e que há cerca de três anos vinha se destacando nas competições realizadas em território capixaba, bem como em outros locais.

“Ela é a atual campeã estadual de Mountain Bike, e inclusive estava inscrita para o Campeonato Estadual de Mountain Bike, previsto para este domingo (16), em Marechal Floriano. Na sexta (14), por volta de meio-dia, teve um mal súbito, foi encaminhada para o hospital, mas, à noite, faleceu. Foi uma surpresa para todos nós. Ela era uma atleta nova, uma revelação, e tinha tudo para despontar. Estava começando a competir a nível nacional”, disse.

Em nota nas redes sociais, a FESC lamentou a morte da ciclista. “A FESC se solidariza com seus familiares e amigos, além de toda comunidade do MTB (Mountain Bike) ES, por essa perda irreparável, e rogamos para que Deus possa confortá-los, nesse momento de grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca o amparo da fé”, diz o texto da nota.

Com informações do Terra Brasil Notícias