Início Bahia Mãe confessa ter assassinado filho autista por ele desarrumar a casa e...

Mãe confessa ter assassinado filho autista por ele desarrumar a casa e mexer nas panelas

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Uma mulher foi presa após confessar ter matado o filho, de 5 anos, envenenado. O caso aconteceu na cidade de Ibiquera, a cerca de 400 km de Salvador, e o corpo do menino foi encontrado em uma cova rasa na última quinta-feira (5). O menino se chamava Romério Sampaio Vaz.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

A Polícia Civil informou que tomou conhecimento da morte do menino no domingo (1) e iniciou as buscas por ele. “Quando chegamos na residência da genitora, questionamos onde a criança estava, a mãe primeiramente disse que o filho estava viajando, posteriormente acabou confessando que a criança havia sido morta por ela com chumbinho e depois enterrada na zona rural do município de Ibiquera, cinco quilômetros de distância da cidade”, disse o coordenador da 12ª Coorpin, delegado Geraldo Adolfo.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe confessou que decidiu matar o menino pela sua condição. “A mãe alegou que resolveu matar o filho porque ele era autista, mexia nas panelas e desarrumava a casa”, disse o delegado.

Outras duas mulheres, que participaram do crime, também foram autuadas em flagrante, na Delegacia Territorial de Itaberaba, pelo crime de destruição, subtração ou ocultação de cadáver, e a mãe também responderá por homicídio. O avô da criança, que também ajudou a enterrar o corpo, segue sendo procurado. As três estão custodiadas, à disposição da Justiça.