Início Brasil Mãe chora morte da filha em enchente de SP: ‘Quando corri para...

Mãe chora morte da filha em enchente de SP: ‘Quando corri para pegá-la, ela afundou’

Por G1

Paloma chora ao falar sobre a morte da menina Sofia durante a enchente em São Paulo (Foto: TV Globo | Reprodução)

A mãe da menina Sofia Gomes disse ao SP1 que a criança estava em cima da cama quando o chão se abriu com a enchente da tarde desta terça-feira (20), em São Paulo, e ela caiu no córrego. Sofia chegou a ser retirada da água por vizinhos, mas não resistiu e morreu.

A criança, que faria 1 ano e 9 meses nesta quarta-feira (21) tinha acabado de chegar da creche. Ela estava dentro do barraco com a avó e mãe. Na hora da chuva, parte do piso cedeu e ela caiu no córrego.

“Deixei ela em cima da cama, quando corri para pegar, ela afundou, meu Deus do céu!”, disse Palema Gomes, mãe de Sofia.

A chuva arrastou outros dez barracos na Vila do Sapo, na Água Branca, Zona Oeste. A comunidade tem 168 barracos e cerca de 650 moradores que estão desabrigados.
Inundações nas Zonas Norte e Oeste matam idosa e criança

Outras duas mortes

Mais duas pessoas morreram em decorrência da chuva. O vigilante Gerson Xavier Santana, 43 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (21), após ser atingido por uma árvore na Rua Silvia Celeste de Campos, Alto de Pinheiros, por volta das 16h. O vigilante estava trabalhando e devido às fortes chuvas uma árvore de grande porte caiu sobre ele e o deixou preso. Os bombeiros o socorreram até o Hospital das Clínicas, mas ele não resistiu aos ferimento e morre

Uma idosa de 85 anos também morreu durante o temporal após sofrer uma parada cardíaca em uma casa no bairro do Limão, na Zona Norte. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima ficou sobre os escombros após um córrego que passava nos fundos do imóvel localizado na Rua Maria Renata subir e o muro desabar. Victoriana Moreno Leão sofreu a parada após afogamento. Outras duas pessoas foram socorridas.