Início Bahia Líder de consórcio chinês pede desculpa sobre compra de respiradores em empresa...

Líder de consórcio chinês pede desculpa sobre compra de respiradores em empresa falsa

Líder de consórcio chinês pede desculpa sobre compra de respiradores em empresa falsa 1
Crédito da Foto: Paula Fróes/GovBa

O presidente da Câmara Brasil-China, Charles Andrew Tang, enviou uma carta ao secretário estadual de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nesta terça-feira (12/5). No texto, Tang esclareceu a declaração dada em entrevista ao jornal A Tarde, de que o governador Rui Costa (PT) teria comprado respirados de uma empresa fantasma, ou seja, que não existe.

“Estava comentando genericamente sobre os obstáculos, reportados pela mídia, encontrados por vários estados na compra de respiradores. Da mesma maneira que comentei sobre os problemas noticiados sobre outros estados, escutei dizer que a Bahia tinha comprado respiradores de empresa americana que não existia. Talvez o jornal, por ser baiano, focou mais no seu estado”, disse.

O líder do consórcio disse, ainda, que tem “apreço” pelo governador do Estado, e que não teve “a intenção de acusar nenhuma empresa, organização, ou governo”. “Não tenho conhecimento dos detalhes da compra de respiradores da Bahia e nem da empresa americana que vendeu esses respiradores”, explicou.

A compra foi feita pela empresa Ocean 26, sediada nos Estados Unidos. O valor se referia a 80% do preço de um lote de 600 ventiladores pulmonares. O cancelamento da compra foi comunicado na quinta-feira (7/5) e, no mesmo dia, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar a possibilidade de irregularidades na compra de respiradores pelo governo do Estado. A Prefeitura de Salvador também está sendo investigada.

Por Aratu On