Início Camaçari Justiça libera mulher suspeita de matar bebê recém-nascido em Camaçari

Justiça libera mulher suspeita de matar bebê recém-nascido em Camaçari

Por CN1

Aconteceu nesta quinta-feira (08) a audiência de custódia de Marilene Santana das Neves, suspeita de matar o próprio filho logo após o nascimento no banheiro do Hospital Semed no último domingo (04). De acordo com o delegado Antônio Carlos, da 4ª Delegacia de Homicídios, a Justiça liberou Marilene que agora responderá ao processo em liberdade.

Siga nosso Instagram: @seligacamacari | Confira as vagas de emprego: VagasEmCamaçari | VagasBahia

Segundo informações, Marilene deu entrada no hospital sentindo fortes dores, mas negou que estivesse grávida. No banheiro, ela teria feito o próprio parto e tentado matar a criança afogada no vaso sanitário. Ao juiz, de acordo com o delegado, ela alegou que foi ao banheiro para evacuar e o bebê caiu.

O caso teve grande repercussão na cidade e causou grande comoção por causa da brutalidade do fato. Agora o processo segue na Justiça e a suspeita irá responder em liberdade.