Início Brasil Idoso com deficiência comemora ida ao cinema pela 1ª vez aos 80...

Idoso com deficiência comemora ida ao cinema pela 1ª vez aos 80 anos: ‘nem sabia o que era’

Por G1

Senhor Alexandre assistiu um filme pela primeira vez no cinema (Foto: Divulgação | Arquivo pessoal)

Alexandre José da Silva, de 80 anos, foi ao cinema pela primeira vez ao cinema, em Teresina, essa semana. O idoso possui dificuldade de locomoção e a filha, Rosany Caetano, conseguiu uma cadeira de rodas para ele recentemente, o que tem permitido várias descobertas, como a ida ao circo, ao zoológico e, mais recentemente ao cinema que ele disse ao G1 que “nem sabia o que era”, mas que se pudesse iria todos os dias.

A emoção da experiência foi registrada nas palavras simples do idoso. “Achei bom demais, é lindo. Nunca tinha assistido. A tela é grande, faz um ‘friozinho’. Gostei muito do filme, do movimento do ‘povo’. Se eu pudesse andar aqui todo tempo, eu andava. Nunca tinha imaginado ir no cinema, não sabia nem o que era’”, disse ele.

Segundo Rosany Caetano, filha de Alexandre José, o pai não costumava sair de casa pelo fato de morar no interior e ter dificuldades de locomoção. Os pais de Rosany residem na zona rural de Landri Sales, 377 km ao Sul de Teresina, e fazem tratamento médico de três em três meses na capital do Piauí.

O senhor agradece a gentileza dos funcionários do cinema (Foto: Divulgação | Arquivo pessoal)

Ela contou que aproveita a ocasião para passear com os pais pela cidade e que, somente agora, com a cadeira de rodas, a locomoção ficou mais fácil. Alexandre não consegue caminhar desde os 15 anos de idade devido uma atrofia nas pernas. “Atualmente ele se sente confortável e mais seguro com a cadeira de rodas, porque sabe que não vai caminhar tanto. Antes não tinha e isso dificultava muito”, afirmou Rosany.

Nas redes sociais, a filha registrou a emoção do pai e um pouco da felicidade ao poder proporcionar esses momentos aos dois. “O pai e a mãe nunca saíram da roça para outro lugar, principalmente o pai, ele nasceu na roça, está com 80 anos e nunca morou na cidade. Nunca saiu do Piauí para lugar nenhum e tudo para ele é novidade”, contou a filha.

Outras descobertas

O aposentado visita o zoológico pela primeira vez, também (Foto: Divulgação | Arquivo pessoal )

Além do cinema, Alexandre já fez em Teresina outros passeios inéditos como a ida ao zoológico, em que ele brincou e até comparou com os bichos que tem “em casa”, como se refere à zona rural piauiense e sua fauna. “Gostei de umas partes. Lá, os animais são novinhos e tudo pequeno, mas é bom. Papagaio é pequeno, o tucano é pequeno, o canção [pássaro] é pequeno, não é como lá em casa que o papagaio é ‘taludo’. Mas tem uns amarelinhos que deu até vontade de ‘carregar’ para criar”, disse sorrindo.

Nada passou despercebido pelo aposentado, que teve ajuda da filha para identificar os nomes de alguns animais. “Eu gostei muito daquele que ‘come uns aos outros’, que parece um cachorro, o puma. Foi muito bom, o passeio, tem muita coisa, muitos macaquinhos, eu ‘corri o olho’ em tudo. Se eu tiver desocupado eu vou de novo”, falou Alexandre.

Na selfie tirada pela filha, o senhor Alexandre fixa o olhar aos espetáculos do picadeiro (Foto: Divulgação | Arquivo pessoal)

Ele foi também conhecer o circo do ator Marcos Frota, em novembro do ano passado, que esteve em Teresina. No aniversário de 80 anos de idade, Alexandre ganhou um ensaio fotográfico que aconteceu no Espaço da Cidadania, na Avenida Frei Serafim, em Teresina e comemorou com muita alegria.

O idoso contou que conhecer outros lugares está em seus planos e falou do olhar crítico das pessoas. “Eu desejo conhecer mais, o que eu não vi ainda. Já fui tirar as fotos no Espaço da Cidadania, já fui no zoológico e agora no cinema, mas falta muita coisa ainda. Aqui é um lugar onde o povo todo presta atenção na gente. Não sei se é porque eu sou desse jeito”, diz ele, mas sem deixar o sorriso.

Para a filha que é recém formada em direito, o objetivo é aproveitar cada momento ao lado dos pais, que somente agora depois de idosos estão podendo viver essas experiências. “Eu quero aproveitar cada momento com meus pais, pois não sabemos o dia de amanhã”.

Em seu aniversário de 80 anos, o senhor Alexandre ganhou um ensaio fotográfico (Foto: Divulgação | Arquivo pessoal)