Início Brasil Homem com Síndrome de Down marca casamento após colocar fim em interdição

Homem com Síndrome de Down marca casamento após colocar fim em interdição

Homem com Síndrome de Down marca casamento após colocar fim em interdição 1
Por: Reprodução/ Redes sociais

O auxiliar de escritório Rodrigo Fontana, 37 anos, conseguiu colocar um fim na interdição sob a qual era submetido pela família por ter Síndrome de Down. Mesmo sendo capaz de responder por suas ações, ele dependia judicialmente da mãe e, posteriormente, da irmã desde os 19 anos. Com a ajuda de uma advogada, ele conquistou a liberdade e agora poderá casar com a noiva, Cássia Souza.

A interdição o impedia de tomar suas próprias decisões. Em seus planos, além do casamento, está a compra de um carro e a realização de viagens ao lado da amada. De acordo com o Extra, em mais de uma ocasião, os noivos foram impedidos de se casar.

“Minha mãe me interditou quando eu era muito novo, achando que eu não conseguiria viver no mundo porque tenho Síndrome de Down. Eu tentei mostrar que podia, mas não fui ouvido por quase ninguém. Tentei várias vezes pedir ajuda à Justiça, mas não consegui, e continuei sendo controlado em tudo. Agora posso correr com minhas próprias pernas para tirar minha habilitação e comprar uma casa sem ter assinatura de ninguém. Já até marquei o casamento com a minha noiva para o dia 26 de outubro deste ano. Agora podemos oficializar a nossa relação”, contou Rodrigo. Ele já alugou o salão para a festa, que acontecerá em Santos, cidade onde vive.

“Quero poder ajudar as pessoas com Síndrome de Down e outras condições. Quero dizer para os pais que acreditem em seus filhos, que confiem, porque eles são capazes. Eu não tive isso, mas outras pessoas podem ter, e vai fazer toda a diferença na vida delas”, explicou.