Início Camaçari Homem assassinado em Machadinho é suspeito de estuprar menina de 12 anos

Homem assassinado em Machadinho é suspeito de estuprar menina de 12 anos

Homem assassinado em Machadinho é suspeito de estuprar menina de 12 anos 1
(Foto: Reprodução)

A Polícia Civil já está em fase de conclusão do caso do estupro de uma menina de 12 anos em Machadinho, ocorrido este mês. A reportagem do Camaçari Notícias esteve com o delegado da 18ª DT, Dr. Leandro Acácio, que informou que já está quase comprovado que quem praticou o crime foi Eliel da Silva Santos, morto na última segunda-feira (16), também em Machadinho.

O Dr. Leandro disse que ainda vai ouvir uma testemunha que passou próximo a casa onde ocorreu o estupro e ouviu gemidos. A pessoa também teria visto quando o estuprador deixou o local, mas afirma que ele estava com o rosto coberto e só conseguiu descrever as características físicas. O delegado revelou também que está aguardando o laudo do exame de corpo delito da menina para saber se foi coletado o DNA do estuprador para poder comparar com o de Eliel e confirmar ou não se ele foi o autor do crime.

Execução

O delegado de polícia da 4ª Delegacia de Homicídios, Dr. Geuvan Júnior, também recebeu a nossa reportagem e contou detalhes sobre a morte de Eliel da Silva Santos, de 43 anos. Segundo ele, o homem foi executado com dezenas de tiros.

“Nós fomos até o local do crime e verificamos que se tratou de uma execução. A vítima estava juntamente com um pedreiro realizando um serviço em uma obra inacabada, quando um indivíduo entrou e o executou. Segundo o pedreiro que estava trabalhando com Eliel, o assassino estaria de brucutu. Antes de assassinar Eliel, ele teria dito: ‘Você é o estuprador, né?’, e efetuou cerca de 30 disparos. Foram coletados no local do crime cápsulas de 380 e .40, isso indica que ele usou mais de uma arma”.

A polícia agora investiga quem foi o autor do homicídio de Eliel e pede a colaboração da população, ligando para o Disque Denúncia da Polícia Civil no número 3235-0000. “Mesmo que Eliel tenha sido de fato o estuprador da criança, isso não autoriza ninguém a executar uma pessoa, então a gente conta com a população para que nos ajude no sentido de descobrir quem fez isso com Eliel, pois quem fez com ele pode fazer com qualquer outra pessoa por qualquer que seja o motivo”.

Após ouvir o depoimento da testemunha que viu o estuprador e o resultado da perícia, se for comprovada a autoria de Eliel no crime, o caso será encerrado, segundo o Dr. Leandro Acácio.