Início Mundo Gravando clipe, rapper não consegue abrir paraquedas e tem morte trágica

Gravando clipe, rapper não consegue abrir paraquedas e tem morte trágica

O rapper Jon James McMurray, 34, morreu tragicamente ao não conseguir abrir o paraquedas após pular de um avião, no último sábado(20). O músico treinava há meses para realizar a cena que faria parte de um clipe.

“Quando Jon se aproximou mais da asa, o pequeno Cessna [aeronave] entrou em uma espiral descendente que o piloto não conseguiu corrigir. Jon segurou a asa até que fosse tarde demais. No momento em que ele soltou, não teve tempo de abrir o paraquedas. Morreu instantaneamente”, afirmou seu empresário ao The Sun.

Segundo os membros da sua equipe, ele era equador profissional até quebrar o pé em um acidente e se envolver com a música. Ele passou a unir o esporte com a musicalidade por meio do rap.

Esta não é a primeira vez que o cantor faz um clipe saltando de paraquedas. Confira abaixo o vídeo do single Hello:

Jon era casado há dois anos com a modelo da Playboy Kali James. Ao “The Sun”, a coelhinha disse que o marido era super tranquilo, que não julgava ninguém. Segundo ela, “as pessoas o amavam e gravitavam em sua direção”. Amigos e família do cantor estão devastados. Kali lamentou o ocorrido em suas redes sociais e publicou alguns momentos vividos entre o casal.

View this post on Instagram

Bear Gang Forever 🐻 I will remember you forever. I love you so much.

A post shared by Kali ™ (@kaliiifornia619) on

Uma página foi criada na internet para ajudar a celebrar a vida e preservar sua memória. Na descrição do cantor, amigos disseram que Jon era uma pessoa incrivelmente apaixonada e que estava sempre sorrindo. A publicação diz ainda que “ele preencheu todos ao seu redor com positividade e nunca falou mal sobre outra pessoa”.

O valor arrecadado pelos fãs na página será utilizado para lançar todo o conteúdo de vídeo e música produzido por Jon James. De acordo com o portal, o objetivo é que o mundo veja, ouça, espalhe e desfrute a arte de James. O cantor teria centenas de cópias e um número incerto de álbuns que gravou e deixou à disposição para lançamento, em caso de morte. James inclusive planejava utilizar todo o conteúdo produzido para uma série na Netflix. O objetivo do site é arrecadar 2 milhões de dólares. Até a publicação desta matéria, apenas 20 doadores haviam contribuído com o valor de 1,4 mil dólares.