Início Brasil Governador de São Paulo afasta PM que convocou população para manifestação pró-Bolsonaro

Governador de São Paulo afasta PM que convocou população para manifestação pró-Bolsonaro

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afastou do comando da Polícia Militar, em caráter preliminar, o coronel Aleksander Lacerda. O oficial liderava o Comando de Policiamento do Interior (CPI) 7, em Sorocaba (SP).

O militar foi punido após realizar nas redes sociais uma convocação para as manifestações pró-Bolsonaro no dia 7 de setembro em Brasília e São Paulo. O governo paulista ainda avaliar a aplicação de outras medidas.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Lacerda também tem utilizado as redes sociais para criticar membros do Executivo e Legislativo. Recentemente, o oficial chamou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) de covarde e afirmou que Doria é uma “cepa indiana’, além de criticar a nomeação de Rodrigo Maia como novo secretário de São Paulo.

O regulamento interno da PM proíbe que os oficiais da corporação participem ou promovam atos de cunho político-partidário.

Com informações do Bahia.Ba