Início Futebol ‘Fora Tite’: apoiadores de Bolsonaro pedem saída de técnico após cumprimento frio

‘Fora Tite’: apoiadores de Bolsonaro pedem saída de técnico após cumprimento frio

Pedido virou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda

'Fora Tite': apoiadores de Bolsonaro pedem saída de técnico após cumprimento frio 1
(Foto: Reprodução/SCCP e TV Globo)

Durante a entrega das medalhas pelo título da Copa América, vencido pela Seleção Brasileira, neste domingo (7), uma cena chamou a atenção de muitos internautas. Tite, treinador da equipe masculina, cumprimentou de maneira bastante rápida e fria o presidente Jair Bolsonaro, que fazia parte da cerimônia de entrega, cumprimento jogadores e comissão técnica. Com informações do Correio da Bahia.

A aparente recusa do treinador em falar de forma mais demorada com o presidente da República, consideradas por muitos bolsonaristas como um desrespeito, fez com que a tag “Fora Tite” se tornasse um dos temas mais comentados do Twitter na tarde desta segunda-feira (8).

O pedido de saída do treinador campeão ficou entre os cinco assuntos mais comentados do país na rede social durante boa parte da tarde.

Vale lembrar que boa parte dos atletas campeões acolheu o presidente e chegou a haver um coro de “mito” durante um momento em que o grupo se juntou em volta do presidente.

Nas arquibancadas as reações ao presidente também ficaram divididas, com vaias e aplausos à sua presença em campo.

Se os apoiadores de Bolsonaro se revoltaram contra a atitude de Tite, os opositores do presidente gostaram da atitude e demonstraram apoio ao ato do treinador.

Foto com Lula
Para complementar as críticas feitas ao treinador, os bolsonaristas relembraram uma foto tirada por Tite ao lado de Lula. Na época do retrato, o ex-presidente estava doente e o técnico, que à época comandava o Corinthians (time do petista), lhe fez uma visita e levou uma faixa de campeão paulista.

Tite se recusou a falar sobre Bolsonaro na coletiva
Na coletiva de imprensa, um repórter tentou perguntar ao treinador o que ele achava da presença de Bolsonaro na final. Entretanto, enquanto ele realizava o questionamento, imediatamente um assessor interveio e disse que o assunto não poderia ser abordado.