Início Brasil Fiocruz volta a produzir vacina após nova remessa de insumos e garante...

Fiocruz volta a produzir vacina após nova remessa de insumos e garante entrega de doses por um mês

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Creditos da foto:Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), insumo mais importante para a produção da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Astrazêneca em parceria com a Universidade de Oxford. O carregamento chegou ao Brasil no final da tarde de sábado (22/5).

A produção do imunizante teve que ser paralisada na última quinta-feira (20/5) por falta de insumos. A expectativa, segundo a Fiocruz, é de que as máquinas de fabricação sejam ligadas novamente na próxima terça (25/5).

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Com a entrega, poderão ser fabricadas aproximadamente 12 milhões de doses, o que, segundo a Agência Brasil, assegura os repasses previstos ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até a terceira semana de junho. O vice-presidente de Produção e Inovação da fundação, Marco Krieger, informou que a unidade tem capacidade de fabricar um milhão de doses por dia, mas que os carregamentos de IFAs tem sido menores do que o previsto pela Fiocruz.

A fabricação em larga escala teve início em março. No entanto, o IFA ainda está sendo importado. No início desse mês, a Anvisa deu aval para que a Fiocruz também possa fabricar o insumo. Assim, a expectativa é de que, nos próximos meses, a produção da vacina esteja 100% nacionalizada. Até o momento, a Fiocruz já entregou ao PNI mais de 41 milhões de vacinas para distribuição aos estados e municípios.

Com informações do Aratu On