Inƭcio Tecnologia Facebook coleta dados pessoais, como ligaƧƵes e SMS, dizem usuƔrios; veja tudo...

Facebook coleta dados pessoais, como ligaƧƵes e SMS, dizem usuƔrios; veja tudo a que a rede social tem acesso

Por G1

Pesquisador que criou o aplicativo que coletou os dados dos usuĆ”rios do Facebook diz que Cambridge Analytica assegurou que o trabalho nĆ£o tinha nada de ilegal (Foto: Reuters)

ApĆ³s o escĆ¢ndalo envolvendo a forma como o Facebook trata as informaƧƵes de seus usuĆ”rios, muitas pessoas relataram que a rede social coletou nos Ćŗltimos anos muitos de seus dados pessoais, como histĆ³rico de ligaƧƵes e conteĆŗdo de SMS.

Veiculada pelo “The Verge”, a informaĆ§Ć£o dĆ” conta apenas de apps instalados em aparelhos que rodam Android. Isso nĆ£o quer dizer que a rede social no sistema operacional da Apple, o iOS, nĆ£o colete informaƧƵes.

Como o Android exibe todas as solicitaƧƵes de dados feitas por serviƧos, o G1 listou, a partir da Google Play, todos os tipos de dados a que o aplicativo do Facebook tem acesso, quando autorizado pelos usuĆ”rios. SĆ£o 46 permissƵes, como a de checar compromissos registrados na agenda (veja mais abaixo).

Um dos casos foi contado por Dylan McKay, programador que mora na Nova ZelĆ¢ndia. ApĆ³s fazer o download dos dados da prĆ³pria conta do Facebook, eles descobriu que o arquivo tinha um histĆ³rico de ligaƧƵes e tambĆ©m metadados de mensagens enviadas e recebidas pelo celular. Os metadados nĆ£o sĆ£o informaƧƵes do conteĆŗdo da mensagem, mas dados adicionais, como:

nomes de contatos;
nĆŗmeros de telefones;
duraĆ§Ć£o de cada ligaĆ§Ć£o.
dia e horƔrios de ligaƧƵes;

Dados coletados

Para que alguns de seus recursos funcionem, o Facebook pede permissƵes a alguns recursos do smartphone, como cĆ¢mera, microfone e armazenamento. Ele tambĆ©m solicita acesso a bases de dados presentes no aparelho e serviƧos, como a lista de contatos, e a serviƧos, como a agenda e ao SMS.

recuperar apps em execuĆ§Ć£o
encontrar contas no dispositivo
adicionar ou remover contas
ler prĆ³prio cartĆ£o de contato
ler compromissos e informaƧƵes confidenciais na agenda
adicionar ou modificar compromissos e enviar e-mail para os convidados sem o conhecimento dos donos na agenda
encontrar contas de contatos no dispositivo
ler seus contatos
modificar seus contatos
localizaĆ§Ć£o aproximada (com base na rede)
localizaĆ§Ć£o precisa (GPS e com base na rede)
ler suas mensagens de texto (SMS ou MMS)
ligar diretamente para os nĆŗmeros de telefone
ler registro de chamadas
ler status e identidade do telefone (na categoria “telefone”)
salvar no registro de chamadas
ler conteĆŗdo do armazenamento USB
alterar ou excluir conteĆŗdo de armazenamento USB
ler conteĆŗdo do armazenamento USB
alterar ou excluir conteĆŗdo de armazenamento USB
tirar fotos e gravar vĆ­deos
gravar Ɣudio
ver conexƵes Wi-Fi
ler status e identidade do telefone (na categoria “informaƧƵes de chamada e cĆ³digo do dispositivo”)
fazer download de arquivos sem notificaĆ§Ć£o
ajustar tamanho do plano de fundo
receber dados da Internet
ver conexƵes de rede
criar contas e definir senhas
acessar estatĆ­sticas da bateria
enviar transmissĆ£o persistente
alterar conectividade da rede
conectar e desconectar do Wi-Fi
expandir/recolher barra de status
acesso total Ć  rede
alterar suas configuraƧƵes de Ɣudio
ler as configuraƧƵes de sincronizaĆ§Ć£o
executar na inicializaĆ§Ć£o
reorganizar os apps em execuĆ§Ć£o
definir plano de fundo
sobrepor outros apps
controlar vibraĆ§Ć£o
impedir modo de suspensĆ£o do dispositivo
ativar e desativar sincronizaĆ§Ć£o
instalar atalhos
ler a configuraĆ§Ć£o de serviƧo do Google

O escĆ¢ndalo do Facebook

Em 17 de marƧo, os jornais “New York Times” e “Guardian” revelaram que os dados de mais de 50 milhƵes de usuĆ”rios do Facebook foram usados sem o consentimento deles pela Cambridge Analytica. A empresa de anĆ”lise de dados acessou esse grande volume de dados apĆ³s um teste psicolĆ³gico que circula na rede social coletar as informaƧƵes. Os dados recolhidos nĆ£o eram apenas os de usuĆ”rios que fizeram o teste, mas tambĆ©m os de seus amigos.

O escĆ¢ndalo cria dĆŗvidas quanto Ć  transparĆŖncia e Ć  proteĆ§Ć£o de dados dos usuĆ”rios do Facebook. A rede social comunicou que investigaria o caso. O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, reconheceu que a emprese cometeu erros.

A empresa Cambridge Analytica trabalhou ainda com a equipe responsĆ”vel pela campanha de Donald Trump Ć  PresidĆŖncia dos Estados Unidos, nas eleiƧƵes de 2016. TambĆ©m foi contratada pelo grupo que promovia a saĆ­da do Reino Unido da UniĆ£o Europeia.

Nesta sexta-feira (23), uma revista na sede da Cambridge Analytica durou cerca de sete horas. A batida foi do Ć³rgĆ£o regulador encarregado da proteĆ§Ć£o de dados privados na GrĆ£-Bretanha. Nos Estados Unidos, usuĆ”rios estĆ£o processando o Facebook e a Cambridge Analytica.

O MinistĆ©rio PĆŗblico do Distrito Federal comunicou na terƧa-feira passada (20) que abriu um inquĆ©rito para apurar se o Facebook compartilhou dados de usuĆ”rios brasileiros com a Cambridge Analytica. O ex-sĆ³cio da Cambridge Analytica no Brasil disse que a empresa nĆ£o tinha banco de dados de brasileiros.

O escĆ¢ndalo que envolve o Facebook foi prejudicial para os ativos da empresa na Bolsa de Valores. Os papĆ©is da empresa chegaram a cair 9,15%. A empresa perdeu mais de US$ 49 milhƵes em valor de mercado em apenas dois dias.