Início Notícias Estudante morto em competição de bebida tinha dosagem "absurda" de álcool no...

Estudante morto em competição de bebida tinha dosagem "absurda" de álcool no sangue

Humberto morreu após competição de bebida
(Foto: Reprodução/Facebook)

O resultado do exame toxicológico do estudante de engenharia elétrica Humberto Moura Fonseca, 23 anos, que morreu depois de consumir uma quantidade excessiva de álcool em uma festa de repúblicas em fevereiro foi divulgado nesta terça-feira (31) pela Polícia Civil de Bauru. O delegado Kleber Granja afirmou que foi encontrada uma “quantidade absurda” de álcool.

Segundo o delegado, ele nunca presenciou uma pessoa com dosagem alcoólica tão alta em sua carreira. O exame do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Humberto tinha 4,6 gramas de álcool por litro de sangue. “É uma quantidade absurda. Na minha carreira eu nunca vi essa dosagem. Para se ter uma ideia, oferecemos como parâmetro o artigo 306 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) que prevê como crime de condução de veículo automotor por motorista sob efeito de álcool etílico quando a concentração é de 0,6 gramas por litro de sangue”, lembrou o delegado ao Uol. A quantia apontada pelo exame é quase oito vezes maior que o permitido para um motorista pela lei.

Siga nosso Instagram: @seligacamacari | Confira as vagas de emprego: VagasEmCamaçari | VagasBahia

Granja disse ainda que 14 pessoas são investigadas por terem ligação com o evento onde Humberto ingeriu o álcool e passou mal – dois dos organizadores do evento foram autuados em flagrante. O número ainda inclui dois sócios-proprietários de uma empresa de eventos contratada para organizar a festa, quatro membros integrantes da equipe de primeiros socorros presente, brigadista e seis pessoas da Unesp, entre outros. O caso corre em segredo de justiça.

*Correio da Bahia