Início E.C. Bahia Enderson já pensa no Botafogo e revela conversa com reservas

Enderson já pensa no Botafogo e revela conversa com reservas

Enderson colocou Vinícius no segundo tempo e jogador mudou a história do jogo diante do Paraná (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia )

Por Correio da Bahia

O triunfo por 2×0 contra o Paraná, sábado (13), em Pituaçu, além de encerrar um jejum de cinco jogos sem vencer, fez o tricolor trocar momentaneamente a luta contra o rebaixamento pela briga por uma vaga na Sul-americana.

E é justamente o próximo jogo, pela 30ª rodada, que pode dar uma estabilidade maior ao Bahia para seguir com objetivos maiores nesse Campeonato Brasileiro. No sábado, às 16h, o tricolor enfrentará o Botafogo, no Engenhão. O alvinegro é um adversário direto do Bahia, já que ambos têm os mesmos 34 pontos – o time do técnico Enderson Moreira leva vantagem por ter melhor saldo de gols. O jogo se tornará ainda mais importante caso o Botafogo vença seu jogo na 29ª rodada. O time carioca só entrará em campo nesta segunda-feira (15), contra o Ceará, em jogo no Castelão, em Fortaleza.

“Não tem refresco. A gente está no período que é uma sucessão de jogos decisivos. A gente precisa de todas as formas manter nossa organização, manter o time com boas atuações e buscar o resultado. Temos criado situações para vencer fora de casa, e a gente precisa estar bem preparado para esses confrontos”, analisou Enderson Moreira. O Bahia só tem um triunfo como visitante na Série A, conquistado na 15ª rodada, contra o Ceará.

Além de projetar a próxima rodada, o treinador também falou sobre a atuação decisiva de Vinícius no jogo contra o Paraná e revelou que dá uma atenção especial aos atletas que não costumam figurar entre os titulares.

“A gente fala com os atletas para que possamos ter um plano de jogo, uma ideia clara. A cada dia, eles têm entendido melhor isso. Isso nos dá a possibilidade de fazer as mudanças. Preparamos muito os jogadores que estão jogando pouco. Em todos os treinos, eu estou presente, para poder estar ali na frente, falando, organizando, mostrando como é. Tenho uma atenção principalmente com quem não está jogando muito, a gente concentra os trabalhos, porque sabemos que, a qualquer momento, eles vão precisar dar uma resposta, como têm dado”, explicou.

A conversa surtiu efeito. O Bahia, que vinha de derrotas para Vasco e São Paulo e empates com Palmeiras, Flamengo e Grêmio, teve dificuldade contra o lanterninha Paraná, que levou sufoco o jogo inteiro, mas segurou o placar sem gols graças à boa atuação do goleiro Richard. Em cinco minutos, Vinícius mudou o rumo dessa história e transformou um empate frustrante em triunfo cheio de euforia. Ele marcou o primeiro gol aos 39 minutos do segundo tempo, de falta, e o segundo aos 44. O meia entrou em campo aos 23 do segundo tempo, no lugar de Bruno.

Campanhas parecidas

Bahia e Botafogo fazem uma campanha bastante equilibrada nesta Série A. Até aqui, ambos somaram 34 pontos – vale lembrar que o Bahia tem um jogo a mais. As duas equipes somam oito triunfos, 10 empates e também estão com número de derrotas próximos: são 11 tropeços baianos, contra 10 cariocas. O número pode se igualar caso o Botafogo perca para o Ceará, na segunda-feira (15).

Até o número de gols entre tricolores e alvinegros são próximos. Enquanto o time de Enderson Moreira conseguiu balançar a rede 30 vezes, os comandados de Zé Ricardo conseguiram o feito em 29 oportunidades.

Já no quesito defesa, o Bahia leva a melhor. O tricolor viu os adversários furarem seu bloqueio 34 vezes, o que lhe dá um saldo de -4, enquanto o Botafogo já amargou 39 gols sofridos, gerando um saldo negativo de 10 gols.