Início E.C. Bahia Em jogo de duas viradas e sete gols, Bahia goleia Altos-PI na...

Em jogo de duas viradas e sete gols, Bahia goleia Altos-PI na Arena

Por Gal√°ticos Online

Em um jogo de muitas emo√ß√Ķes nos 45 minutos finais, o Bahia goleou o Altos-PI por 5 a 2, na noite desta ter√ßa-feira (20), na Arena Fonte Nova. O triunfo tricolor foi constru√≠do ap√≥s um susto. O time baiano saiu na frente, levou a virada e correu atr√°s para virar novamente, evitar o que poderia ser o in√≠cio de uma trag√©dia na Copa do Nordeste, com uma derrota, e ainda golear para al√≠vio da torcida.

Tiago, Edigar Junio, duas vezes, Vinicius e Zé Rafael marcaram os gols da vitória. Joélson e Tiago, contra fizeram para a equipe piauiense.

Com o resultado, o Esquadrão foi aos nove pontos ganhos, na vice-liderança do Grupo C, e ficou bem perto da classificação para a segunda fase da competição. Agora, os comandados de Guto Ferreira, mais uma vez bastante criticado e vaiado pelos torcedores, voltam a campo no domingo (25), para a decisão da semifinal do Baianão contra a Juazeirense.

O JOGO

O Bahia fez um primeiro tempo ruim e construiu poucas chances de gols. Nos primeiros 15 minutos, apenas uma boa oportunidade. Aos 11, após bola levantada na área, Kayke desviou de cabeça e tirou tinta da trave.

Abusando dos erros de passes, o Tricolor ainda sofreu uma baixa aos 32. Edson deixou o campo lesionado e deu lugar a Elton.

Só as 39 o Tricolor fez o torcedor levantar das cadeiras e quase gritar gol. Da entrada da área, Vinicius chutou colado e acertou a rede pelo lado de fora.

Já aos 40, Edigar Junio recebeu bola na área, fintou na frente do marcador e chutou forte. Gideão espalmou para evitar. O final da primeira etapa ficou marcado pelas vaias da torcida ao time e os pedidos de saída do técnico Guto Ferreira.

Para o segundo tempo, o Bahia retornou com postura diferente e pressionou o Altos logo nos primeiros minutos. Aos cinco minutos, Vinicius invadiu a √°rea e chutou forte. Gide√£o fez grande defesa.

Mas, aos seis minutos, o goleiro não conseguiu evitar. Após bola levantada na área, Gideão errou ao tentar espalmar e deu de graça para Tiago completar de cabeça nas redes.

Dois minutos depois, o Tricolor teve chance de aumentar. Nino cruzou Rasteiro na área, mas Kayke, na pequena área, desperdiçou a chutar em cima de Gideão.

O castigo, então, veio logo em seguida. Joélson recebeu passe na área e chutou no cantinho de Douglas para empatar.

Para piorar, o Esquadrão levou a virada aos 20 minutos. Em contra-ataque, Vagner avançou pela direita e cruzou rasteiro na área. Mas, Tiago tentou cruzar e mandou para o próprio gol.

O Bahia respondeu logo em seguida. Vinicius arriscou chute e acertou o travess√£o. No rebote, Marco Ant√īnio, sozinho mandou por cima do gol.

Aos 27, Nino cruzou bola da direita e Marco Ant√īnio desviou. Gide√£o fez uma defesa espetacular para evitar.

Porém, na cobrança de escanteio, o goleiro não conseguiu evitar. Edigar Junio subiu mais alto que a zaga e testou nas redes para empatar novamente.

Inspirado, Edigar Junio colocou o Bahia de novo na frente aos 30. Após receber passe de Zé Rafael, o atacante chutou forte cruzado e acertou o canto de Gideão.

Após o susto, o Bahia garantiu o triunfo aos 35 minutos. Edigar Junio lançou Vinicius, que dominou e chutou forte na área. Gideão ainda desviou, mas a bola morreu no canto do gol.

No √ļltimo minuto, ainda houve tempo para o quinto. De fora da √°rea, Z√© Rafael acertou um lindo chute no √Ęngulo para fechar a goleada com um gola√ßo.

Bahia 5 X 2 Altos-PI
Copa do Nordeste Р5ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data/Horário: 20/03/2018, às 21h45
√Ārbitro: Zandick Gondim Alves Junior. Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Francisco de Assis da Hora
Cart√Ķes amarelos: Z√© Rafael (BAH); Tote (ALT)
Gols: Tiago, Edigar Junio-2, Vinicius, Zé Rafael (BAH); Joélson, Tiago-contra (ALT)

Bahia

Douglas; Nino, Tiago, Lucas Fonseca e L√©o; Gregore, Edson (Elton), Vin√≠cius (Mena) e Z√© Rafael, Edigar Junio e Kayke (Marco Ant√īnio). T√©cnico: Guto Ferreira.

Altos-PI
Gideão; Tote, Leone, Alisson e Neto; Marconi, Dos Santos e Esquerdinha; Américo (Vagner), Alexsandro Vera (Joélson) e Manoel Cristiano (Jeferson). Técnico: Paulinho Kobayashi.