Início Camaçari Elinaldo acusa antecessores de desviar milhões nas obras de Camaçari

Elinaldo acusa antecessores de desviar milhões nas obras de Camaçari

Elinaldo acusa antecessores de desviar milhões nas obras de Camaçari 1

De acordo com o site BNEWS, o prefeito de Camaçari, Elinado Araújo (DEM) acusou os seus opositores políticos de desvio de verba das obras da cidade metropolitana. Durante entrevista na rádio Metrópole, ao apresentador Zé Eduardo, o prefeito disse que encontrou a cidade com rombo de mais de R$53 milhões. Conforme ele, as gestões de Luiz Caetano e Ademar Delgado, desviaram verba das obras do Rio Camaçari, da linha do trem e das progressões de servidores públicos.

Elinaldo acusa antecessores de desviar milhões nas obras de Camaçari 2

“Nós pegamos um município totalmente saqueado, eles desviaram R$26 milhões das obras do Rio Camaçari. Os meus antecessores, meteram a mão. Isso complicou a atrasou todos os avanços que estamos tendo no social. […] Tenho dito que o nosso maior projeto foi organizar as finanças”, disse, nesta terça-feira (6).

“Tive que devolver R$26 milhões, sempre estou indo à Brasília responder a União de R$12 milhões que desviaram na linha do trem. E além de R$15 milhões que sanamos ao servidor público e professores”, disparou, acusando ainda de desvio também na Cidade do Saber, uma das principais obras criadas pelo ex-prefeito Luiz Caetano (PT).

Elinaldo afirmou que houve um acordo com os professores municipais para pagar os R$15 milhões referente a progressões e promoções salariais.

O prefeito disse ainda que a “a Lava Jato tem que ir para Camaçari”.
Luiz Caetano governou Camaçari por dois mandatos, entre 2005 a 2012. Depois elegeu o sucessor Ademar Delgado que ficou de 2013 a 2016.