Início Artigo Economize! Como renegociar o financiamento de um imóvel em Camaçari

Economize! Como renegociar o financiamento de um imóvel em Camaçari

Economize! Como renegociar o financiamento de um imóvel em Camaçari 1
Créditos da imagem: Freepik

Seu bolso sentiu os efeitos provocados pela crise do coronavirus? Então confira as informações para renegociar o financiamento de um imóvel com economia.

Devido à crise provocada pela pandemia da Covid-19, inúmeros brasileiros tiveram seus salários reduzidos ou, até mesmo totalmente extintos.
Sem dúvida, os impactos financeiros causados pelo vírus implicam diretamente no cumprimento dos encargos financeiros. Contudo, quando o que está em risco é o financiamento de uma casa ou apartamento, esse cenário é ainda mais embaraçoso. Afinal, a suspensão de pagamentos pode acarretar na perda do imóvel.
Mas, calma! Não é necessário colocar a sua casa ou apartamento para vender em Camaçari.

É possível evitar que isso ocorra a partir da renegociação da dívida.
Além disso, também é válido considerar que, geralmente, as instituições financeiras demonstram grande interesse em negociar. Isso porque, manutenção do relacionamento até que haja o pagamento integral do valor da propriedade é relevante para elas.

Confira abaixo como renegociar o financiamento de um imóvel

Alternativas viáveis
Sobretudo, nesse momento, é preciso considerar que cada caso deve ser analisado de maneira individual. Por isso, se você tem uma relação duradoura com a instituição financeira e sempre foi um bom pagador, provavelmente, será mais fácil prosseguir com a negociação.

Entre as alternativas mais comuns estão o prolongamento do financiamento e a redução das taxas de juros – duas opções que, consequentemente, irão suavizar o valor das parcelas.
Além disso, também é possível negociar a suspensão das cobranças por determinado período.
Algumas instituições oferecem carência de 60 dias aos clientes que se mantêm em dia com os pagamentos. Ou seja, existe a possibilidade de pagar as parcelas até o fim desse prazo sem a aplicação de penalidades, multas ou aumento de juros.
Contudo, ainda é possível buscar outras soluções. Mas, para isso, é preciso entrar em contato com o banco responsável pelo financiamento e solicitar a negociação o mais rápido possível.

Não deixe para contatar o banco depois que o prazo estipulado para o pagamento estiver expirado. Ao invés disso, antecipe-se e procure a instituição logo que perceber que terá problemas para manter o financiamento acordado. Isso porque, se esperar a prestação vencer, o banco irá entender que você é um devedor – o que pode acarretar em transtornos ainda maiores como multas e aplicações de outras taxas.

Transferência do financiamento para outra instituição

Em alguns casos, o banco escolhido pode se recusar a realizar a negociação, mas, nem tudo está perdido. Afinal, é possível buscar outra instituição financeira e fazer a portabilidade do financiamento. Contudo, para ter direito a esse processo é preciso se certificar de que todas as prestações estão em dia.

A partir da migração, você pode garantir juros mais baixos e diminuir o valor total do financiamento. Entretanto, alguns fatores podem sofrer alterações como o prazo do financiamento, o valor total da dívida e o sistema de amortização.
Por isso, antes de realizar a transferência do financiamento para outra instituição é fundamental verificar os prós e os contras. Enquanto algumas situações podem ser vantajosas, outras, podem acarretar em mais despesas. Pesquise bastante sobre as instituições financeiras e cheque se os financiamentos de imóveis em Camaçari oferecidos por elas englobam pagamento de seguros, taxas cartorárias ou reavaliação da propriedade. Ou seja, é preciso se informar, pesquisar sem pressa para ter a certeza de que migração realmente valerá a pena.

Venda da propriedade

Por conta do cenário caótico que o Brasil está enfrentando desde a chegada do coronavírus, muitas pessoas têm decidido colocar suas casas à venda em Camaçari e procurar por imóveis mais econômicos.

Mas, esse tipo de decisão só deve ser tomada depois que todas as possibilidades citadas forem negadas. Afinal, pior do que vender a sua propriedade, é entrar em dívidas gigantescas e ainda correr o risco de sofrer por um processo judicial e ver a sua propriedade ser leiloada.

Enfim, curtiu o artigo sobre Como renegociar o financiamento de um imóvel? Aproveite e compartilhe essas informações em suas redes sociais. Com certeza, nesse momento, elas podem ajudar muitas pessoas que se encontram em situações delicadas.

Por Pedro Belo da Silva