Início Esportes E.C. VITÓRIA: Com um a menos, Vitória perde para o Confiança no...

E.C. VITÓRIA: Com um a menos, Vitória perde para o Confiança no primeiro jogo do Nordestão

Leão teve boas chances desperdiçadas e pressionou, mas saiu derrotado na estreia

O Vitória perdeu para o Confiança na estreia do Nordestão na noite desta quarta-feira (3) no Batistão, em Sergipe. Com um homem a menos em boa parte do jogo, o Leão manteve postura ofensiva e teve boas chances, mas viu o Confiança ganhar com um gol de falta aos 32 do segundo tempo. O Leão volta a campo pelo Nordestão na quarta (11) contra o Serrano. O Confiança encara no mesmo dia o América-RN. Antes, o rubro-negro joga também com o Serrano pelo Baianão.

O jogo começou com lance polêmico. Depois do zagueiro Kadu, do Vitória, cabecear e marcar gol contra, o juiz anulou o lance porque dois atacantes do Confiança estavam impedidos. O árbitro considerou que a participação dos dois jogadores impedidos atrapalhou o goleiro rubro-negro no lance.

O Vitória respondeu logo em jogada em que Escudero recebeu bom lançamento de Amaral, tocou rapidamente para Neto e o atacante acabou mandando para fora. Em seguida Jorge Wagner teve chance de colocar o Leão à frente no placar, mas cobrou falta longe.

Leão desperdiçou chances e saiu derrotado (Foto: Jorge Henrique/Futura Press)

Aos 30 minutos, o meia Jorge Wagner foi expulso depois de um lance em deu um carrinho em um jogador do Confiança. O atleta já tinha amarelo por conta de um lance de pé alto e acabou recebendo o vermelho, deixando o Vitória com um jogador a menos pelo restante do jogo.

O Leão teve mais uma chance de abrir o placar aos 35 minutos. Neto sofreu falta de Valdo na entrada da área. Ele mesmo cobrou, colocado, mas a bola acabou saindo. No final do primeiro tempo, Mansur roubou a bola e tocou para Neto Baiano, na área, chutar. Houve desvio e a pelota foi para fora, em um lance de perigo do rubro-negro.

Pressão sem sucesso
O segundo tempo começou com pressão do Leão. Neto Baiano teve duas chances rapidamente: na primeira, tentou de calcanhar e viu a defesa de Everton, reclamando de ter sido puxado e de um possível pênalti. Depois, chegou a dominar no peito, mas se desequilibrou e a bola foi defendida novamente.

O Confiança tentou responder. Depois de cobrança de escanteio, Leandro Kivel subiu e cabeceou, mandando para fora. Mas era o Vitória que continuava pressionando. Aos 8 minutos, Neto Baiano ficou na cara do gol de novo e chutou, mas o goleiro mandou para escanteio.

O time sergipano teve novo lance de perigo com Bibi, que recebeu lançamento, driblou o goleiro Fernando Miguel, mas demorou para seguir com o lance e viu o arqueiro tocar e tirar a bola de jogo. Aos 32, finalmente saiu o gol da partida. O lateral  Diogo cobrou falta rasteira direto no gol, a bola passou por todos os jogadores e enganou o goleiro, balançando as redes.

O Confiança cresceu depois do gol. No minuto seguinte, o time da casa teve gol anulado novamente. Leandro Kivel apareceu nas costas da defesa e mandou para o fundo das redes. O árbitro sinalizou impedimento e não valeu a jogada. Aos 42, a bola sobrou para Everton na área depois de confusão e ele mandou chute para boa defesa de Fernando Miguel, impedindo o segundo gol do Confiança.

Confiança x Vitória
Estádio Estadual Lourival Baptista (Batistão)
Confiança: Everson, Diogo, Valdo, Heverton, Wallace; Flávio José (Renan), Everton, Richardison, Wallace Pernambucano; Leandro Kivel (Jaílton) e Bibi. Técnico: Betinho
Vitória: Fernando, Nino, Kadu, Ednei e Mansur; Amaral, José Welison, Vander (Euller), Escudero (Rogério) e Jorge Wagner, e Neto Baiano (Leílson). Técnico: Ricardo Drubsky

Correio daBahia