Início Brasil Dona do KFC e Pizza Hut demite 30% dos funcionários no Brasil...

Dona do KFC e Pizza Hut demite 30% dos funcionários no Brasil em meio à crise da covid-19

Dona do KFC e Pizza Hut demite 30% dos funcionários no Brasil em meio à crise da covid-19 1

A IMC, dona de redes de restaurante como KFC, Pizza Hut e Frango Assado, demitiu 30% do seu quadro de funcionários do Brasil nos últimos dias. O grupo de restaurantes é a primeira empresa aberta e também a primeira grande empresa a fazer demissões por conta da crise causada pelo coronavírus.

Para os funcionários que permaneceram na companhia, alguns tiveram contratos suspensos e outra parte recebeu férias.

Em 2018, a IMC, até então dona do Pizza Hut e do KFC, tinha 6.017 empregados no Brasil. De acordo com informações não oficiais, até o mês de março a empresa tinha cerca de nove mil funcionários.

Em nota, a IMC afirmou que a medida é uma “alternativa de redução de despesas e preservação de caixa”.

Junto às demissões estão inclusos a manutenção do plano de saúde por pelo menos três meses e o compromisso de “priorizar a recontratação de funcionários desligados assim que a situação estiver mais normalizada”, disse a IMC.

Com o avanço do coronavírus em todo o mundo, a empresa fechou aproximadamente 150 lojas no Brasil, sendo 27 da KFC, 26 do Viena e 77 do Pizza Hut, além de uma unidade Frango Assado e 15 da Batata Inglesa. Em aeroportos, três lojas foram fechadas e dez permanecem abertas. Em hospitais, as atividades de cinco unidades foram interrompidas.

Com informações Novo dia notícias