Início Nova Soure Dois caixas eletrônicos são explodidos em Nova Soure

Dois caixas eletrônicos são explodidos em Nova Soure

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Dois caixas eletrônicos foram explodidos na madrugada desta sexta-feira (3), no município de Nova Soure, com essa ação já somam 12 agências que foram explodidas ou assaltadas esse ano na Bahia.

De acordo com policiais da delegacia local, os bandidos chegaram por volta das 2 horas da manhã, em uma caminhonete e primeiro explodiram a agência do Bradesco e seguiram para o caixa eletrônico da agência da Caixa Econômica Federal e tentaram levar o cofre. Ambas ficam localizadas na praça Matriz, de Nova Soure.
Partes do teto da agência do Bradesco caiu e muitos estilhaços estão espalhados no local. Os caixas eletrônicos estão isolados aguardando perícia e o atendimento foi suspenso.

Policias seguem em diligências a procura dos assaltantes, ninguém ficou ferido e nenhum bandido capturado.

Não foi informado se algum valor foi levado na ação.

Em 2016, essas duas agências sofreram a mesma ação de maneira mais violenta com bandidos atirando contra policiais e fazendo alguns moradores reféns.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos informa que já foi realizada reunião com a Secretaria de Segurança de Pública (SSP) e Federação Nacional dos Bancos (FENABAN) para ações em convergência. “Já solicitamos investimentos para coibir essas quadrilhas que estão cada vez mais especializadas como instalação de equipamentos que incinerem as notas, instalação de monitoramento em tempo real na parte externa das agências, mais fiscalização dos explosivos que circulam nas estradas e mais investimentos na segurança presencial do que virtual”.

Mas ações não tem prazo a serem realizadas em sua totalidade. Por: Aline Damazio | BNews