Início Bahia Dj Alok cria projeto para ajudar famílias carentes da zona rural de...

Dj Alok cria projeto para ajudar famílias carentes da zona rural de Canudos na Bahia

Nesta última semana, DJ Alok publicou em seu Instagram uma série de fotos da visita que fez ao sertão da Bahia.

Ele viajou para conhecer alguns projetos sociais que são feitos na região. Alok declarou que teve a oportunidade de vivenciar um Brasil que poucos conhecem.

“Uma realidade não muito distante do que vejo durante meus trabalhos com a Fraternidade sem fronteiras, na África”. Escreveu ele.

Alok conheceu os projetos Retratos de Esperança e Fraternidades sem Fronteiras. “Decidimos então criar um projeto chamado ‘Vila da esperança’ para acolher algumas famílias da comunidade rural de Rio do Vigário, em Canudos, que vivem em situações extremas.

View this post on Instagram

Siga nosso Instagram: @seligacamacari | Confira as vagas de emprego: VagasEmCamaçari | VagasBahia

Gostaria de 1 minuto da sua atenção. Semana passada conheci um Brasil que poucos enxergam. Uma realidade não muito distante do que vejo durante meus trabalhos com a Fraternidade sem fronteiras, na África. Conheci também um projeto lindo chamado @retratosdeesperanca que atua em parceria com a @fraternidadesemfronteiras em 12 regiões do sertão da Bahia. Decidimos então criar um projeto chamado “Vila da esperança” para acolher algumas famílias da comunidade rural de Rio do Vigário, em Canudos, que vivem em situações extremas. – construção de casas – perfuração de poços de água potável com dessalinizadores para consumo e plantações – construção de um centro educacional multiuso – instalação de energia elétrica através de placas solares nas casas. Vamos juntos transformar vidas. Conto com vocês mais uma vez! Acesse @fraternidadesemfronteiras pra mais infos. Gratidão!!! 🙏 ❤️ 📸: @bismarckaraujo_ (idealizador do projeto Retrato da esperança)

A post shared by Alok (@alok) on

Por fim, Alok convidou o público para ajudar também no projeto. “Construção de casas, perfuração de poços de água potável com dessalinizadores para consumo e plantações, construção de um centro educacional multiuso E instalação de energia elétrica através de placas solares nas casas. Vamos juntos transformar vidas. Conto com vocês mais uma vez!”, completou.

Por A voz do Campo | Saber Viver Mais