Início E.C. Bahia Dificultam negociação entre Bahia e Corinthians por Juninho Capixaba

Dificultam negociação entre Bahia e Corinthians por Juninho Capixaba

Por Globo Esporte

Negócio entre Bahia e Timão por Juninho Capixaba esfria (Foto: Reprodução)

O negócio entre Bahia e Corinthians pelo lateral Juninho Capixaba esfriou. Um dos motivos é a demora dos paulistas em responder à proposta feita pelo Tricolor, que quer uma compensação financeira e mais três jogadores, que seriam o goleiro Douglas, o lateral Moisés e o meia Marlone – este último, porém, acertou seu retorno para o Sport. O clube baiano até aceita receber dois jogadores, contanto que fique com parte dos direitos econômicos de ambos.

Um segundo entrave é o alto valor dos salários dos jogadores pretendidos pelo Tricolor. Moisés, por exemplo, tem um vencimento consideravelmente maior que o de Juninho. Além disso, o Corinthians avançou na negociação para fechar com Danilo Avelar, jogador da mesma posição que pertence ao Torino e está emprestado ao Amiens, da França. Apesar das dificuldades, os dois clubes não dão a negociação como encerrada.

O Bahia pediu ao Corinthians 1,5 milhão de euros por 70% dos direitos de Juninho Capixaba – o clube baiano ficaria com os outros 30%. Apostando no potencial do lateral de 20 anos, a diretoria corintiana discute com os representantes de Juninho um vínculo longo, de cinco anos.

O Corinthians quer Juninho Capixaba para a vaga de Guilherme Arana, vendido ao Sevilla, da Espanha. A diretoria alvinegra não descarta buscar mais um lateral-esquerdo para o próximo ano.

Terceiro lateral do Bahia no início do ano, Juninho superou as concorrências de Armero e Matheus Reis no decorrer da temporada. Embora não tenha marcado gols ou dado assistências, ele teve boas atuações e agradou ao técnico Fábio Carille. Foram 24 jogos no ano, sendo 17 na Série A.