Início Destaque Dia do S3xo: conheça a razão da data e veja o que...

Dia do S3xo: conheça a razão da data e veja o que atrapalha o prazer de muita gente

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Tem gente que diz que “se organizar direitinho, todo mundo transa…”, Mas acontece que às vezes nem mesmo o mais metódico dos virginianos é capaz de assumir tal planejamento.

Nesta segunda-feira, 6 de setembro, é celebrado o curioso Dia do Sexo. Apesar disso, o ato ainda é um tabu para muitas pessoas ou mesmo motivo de preocupação para outras. Para tentar driblar as dificuldades que podem interferir no bom andamento debaixo dos lençóis, confira alguns motivos que mais atrapalham no momento da intimidade a dois (ou três, quatro…).

Antes disso, saiba que o Dia do Sexo tem como origem o simbolismo da sua data comemorativa: 6 de setembro. Isto é: 6/9. Uma alusão à posição sexual conhecida como 69 (meia-nove).

O movimento pela sua criação foi liderado pela marca de preservativos Olla, que realizou uma ação de marketing em 2008 em “favor do Dia do Sexo”. A ação foi um sucesso e ganhou adeptos nos anos seguintes, com várias outras empresas penetrando nesta comemoração anualmente.

Nos anos seguintes, a empresa continuou atuante nesta data, levantando bandeiras como a do consentimento entre as partes, a da importância do uso da camisinha e a de inspirar as pessoas a “viverem suas verdades” durante a relação.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

O movimento ganhou tanta proporção que a Olla chegou a propor a inclusão do Dia do Sexo no calendário nacional brasileiro. Seu manifesto, que pretende disseminar informações sobre sexo seguro, ganhou milhares de assinaturas, mas até hoje não foi oficializado.

Agora sem mais enrolação, O POVO listou alguns fatores que desmotivam as relações sexuais, sobretudo entre aquelas pessoas que estão juntas em uma relação já duradoura.

Mulheres não chegam lá
O que é bastante comum entre os homens, ainda é raridade para muitas mulheres: o orgasmo. Conforme estudo do Departamento de Transtornos Sexuais Dolorosos Femininos, da Universidade de São Paulo (USP), 55% das brasileiras não têm orgasmos nas relações sexuais.

Outra pesquisa, da Archives of Sexual Behaviors, afirmou que, mundialmente, 60% das mulheres em relacionamentos heterrosexuais fingiam estar sentindo o orgasmo.

Dores femininas
Entre as várias causas que impedem mulheres de alcançarem o orgasmo, estão as dores sentidas na hora da penetração. Ainda conforme a pesquisa da USP, são 59,7% das brasileiras que sofrem dessa condição.

Ejaculação precoce e disfunção erétil
Essas estão entre as principais razões que podem desestimular os homens. Mas também as mulheres, pois elas acabam não tendo sequer tempo de sentir prazer, saindo assim da relação insatisfeitas e frustradas. Lembrando que esse problema se apresenta tanto entre homens heterossexuais como homossexuais.

Rotina, cansaço e monotonia na relação
Cuidar da casa, dos filhos e do trabalho é uma rotina estressante e comum na vida de muitas mulheres. Somado a isso, a monotonia da relação, sem nenhuma inovação, chega para desmotivar ainda mais na hora da intimidade.

Mais informações
Caso você se encontre com algum desses problemas ou de outros não citados acima, busque auxílio profissional.