Início E.C. Bahia Desesperados, Bahia e Grêmio medem forças na Fonte Nova para não serem...

Desesperados, Bahia e Grêmio medem forças na Fonte Nova para não serem degolados; arbitragem preocupa

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Juntos na zona de rebaixamento e separados na tabela por, apenas, um ponto, Bahia e Grêmio se enfrentam, na Arena Fonte Nova, na noite desta sexta-feira (26/11). O vencedor da partida, que começa às 19h, vai ganhar ânimo novo para seguir firme no objetivo de continuar a luta pela permanência na elite do futebol brasileiro em 2022.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Quem perder, passa a ver, mais de perto, o “fantasma do rebaixamento” se transformando em realidade. Com 37 pontos, o tricolor da “Boa Terra” é o primeiro time que abre o grupo dos quatro últimos da tabela de classificação. O time de Porto Alegre está logo abaixo do Bahia, seguido por Sport e Chapecoense, este já rebaixado.

Como não poderia deixar de ser, o clima de tensão está tomando conta desse encontro de desesperados. Além da preocupação com o desempenho em campo, as equipes andam desconfiadas com as atuações dos árbitros nessa reta final do Brasileirão.

Depois de reclamar por uma sequência de três jogos sendo prejudicado pelo dono do apito, o Bahia, no último domingo (21/11), viu seu adversário, o Cuiabá, protestar pela anulação polêmica de dois gols, na Fonte Nova. A situação deu margem para o cartola gremista, Romildo Bolzan Jr, publicar um discurso precavido, diante do cenário.

O presidente do clube gaúcho disse que o Grêmio está com receio do jogo com o Bahia. Ele ressaltou que não tem nada contra o Esquadrão, mas se preocupa com a ocorrência de alguns episódios em que a arbitragem teve toda capacidade para decidir, corretamente, e acabou fazendo o contrário.

“Tenho muito receio da arbitragem, não só deste jogo, mas em todos. Não sei o que está acontecendo. Não sei as consequências e causas do que está havendo. Mas se há algo para denunciar, é isto que estamos falando”, disse em entrevista coletiva, Bolzan Jr.

Em meio a tanta especulação, envolvendo a arbitragem, o carioca Bruno Arleu de Araujo foi o escolhido para marcar as ocorrências do jogo. Ele é um árbitro FIFA, que alguns consideram o melhor do país. O juiz será auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Daniel do Espirito Santo Parro. O VAR será comandado por Rodrigo Nunes de Sá. Todos são do Rio de Janeiro.

DESFALQUES NO BAHIA
Para este confronto, o técnico do Bahia, Guto Ferreira, não vai poder utilizar o lateral-esquerdo Juninho Capixaba. Além de estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o atleta tem vínculo com o Grêmio e já não atuaria por questão contratual. Outro desfalque é o zagueiro Luiz Otávio. Ele saiu machucado da partida contra o Cuiabá e vai ceder lugar para Gustavo Henrique.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Bahia: Danilo Fernandes; Nino, Conti, Gustavo Henrique e Matheus Bahia; Patrick, Mugni e Daniel; Rossi, Raí e Gilberto.

Grêmio: Gabriel Grando; Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos, Villasanti e Victor Bobsin; Alisson, Ferreira e Diego Souza