Início Destaque Decreto estadual altera restrições e venda de bebidas alcoólicas é permitida no...

Decreto estadual altera restrições e venda de bebidas alcoólicas é permitida no final de semana em Salvador; fique por dentro

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
A cerveja preferida do brasileiro é a pilsen, detentora de 55% do mercado
Pixabay

As unidades de ensino, públicas e particulares, de Salvador podem retomar as atividades de forma semipresencial. Considerando que a capital baiana manteve a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid abaixo de 75% por cinco dias consecutivos, o Governo do Estado autorizou o retorno das aulas exclusivamente na cidade.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Também por ter atingido o índice de 75% de ocupação de leitos de UTI por cinco dias consecutivos, o toque de recolher em Salvador será das 22h às 5h a partir desta quarta (5/5). Será permitida ainda, na capital baiana, a venda de bebidas alcoólicas durante o final de semana. As alterações estão publicadas na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (5/5). Ainda de acordo com o decreto, caso a ocupação de leitos de UTI Covid volte a atingir o índice de 80% em Salvador, poderá haver alteração no horário do toque de recolher, na liberação de aulas e na comercialização de bebidas.

No restante da Bahia, para liberação das aulas semipresenciais em cada município e venda de bebida alcoólica aos finais de semana, continua a valer a determinação de que as regiões de saúde precisam alcançar a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI por cinco dias consecutivos. Esse mesmo critério vale para alterar para 22h o início do toque de recolher nos outros municípios baianos.