Início Esportes De virada, Vitória bate o Anapolina na estreia da Copa do Brasil

De virada, Vitória bate o Anapolina na estreia da Copa do Brasil

O Vitória venceu o Anapolina por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (1º) pela estreia da Copa do Brasil. Depois de sair atrás ainda no primeiro tempo e desperdiçar pênalti com Neto Baiano, o Leão arrancou o empate em Goiás com gol de Rogério e virou com Luiz Gustavo no segundo tempo. Com o resultado, no entanto, o jogo de volta não foi eliminado e as duas equipes voltam a se enfrentar no Barradão no dia 15 para decidir a vaga.

Leão conseguiu virar jogo em Goiás (Foto: Divulgação/Anapolina)

A intenção do Vitória era vencer por dois gols de diferença para evitar a partida de volta, mas logo aos 11 minutos o time da casa surpreendeu e marcou. Viola tentou dominar cruzamento e acabou fazendo passe para Pedro Oldoni, ex-jogador rubro-negro, balançar as redes e fazer 1 a 0 para o Anapolina.

Depois de abrir o placar, o Anapolina chegou a criar mais chances de ampliar, mas aos 18 minutos Leandro fez pênalti em Rogério, dando a chance para o Vitória empatar. Cobrador oficial do time, Neto Baiano acertou o travessão, desperdiçando o segundo pênalti em menos de 15 dias – também perdeu um contra o Colo Colo nas quartas de final do Baianão.

O Vitória tinha algumas chances – com Jorge Wagner, de falta, com Rogério de cabeça, mas tinha dificuldade em acertar no momento final. Só aos 24 do segundo tempo o gol saiu. Rogério subiu e ganhou da zaga, escorando cruzamento para o gol de cabeça. Tudo igual em Goiás.

Siga nosso Instagram: @seligacamacari | Confira as vagas de emprego: VagasEmCamaçari | VagasBahia

O Anapolina aumentou a pressão depois do empate. Aos 29, Viola recebeu um bom cruzamento rasteiro de Felipe Baiano, dentro da pequena área, mas chutou para fora e desperdiçou excelente chance. Aos 32, Marcelo cruzou e Viola acabou não conseguindo cabecear para o gol. Sandrinho também teve chance com chute forte, mas mandou para fora.

Quem não faz… O Vitória aproveitou bem um erro da zaga da Anapolina e virou o placar. Depois de escanteio, Luiz Gustavo subiu sozinho e tocou de cabeça para o gol do time goiano, fazendo o 2 a 1.

Anapolina x Vitória
Estádio Jonas Duarte
Anapolina: Wágner; Marcelo Ferreira, Cris, Neto Pierin, Da Silva; Leandro (Johnathan), Rodriguinho (Sandrinho), Felipe Baiano, Felipe Brisola; Viola, Pedro Oldoni (Jacó). Técnico: Gilberto Pereira.
Vitória: Fernando; Romário, Ednei, Luiz Gustavo, Mansur; Amaral, Flávio (Maracás), Jorge Wagner (Dakson), Vander; Rogério (Euller), Neto Baiano. Técnico: Claudinei Oliveira.

Correio da Bahia