Início Destaque Dalai Lama beija menino na boca e pede desculpa após vídeo viralizar

Dalai Lama beija menino na boca e pede desculpa após vídeo viralizar

O líder espiritual do Tibete, Dalai Lama, divulgou um pedido oficial de desculpas após internautas expressarem revolta com um vídeo em que o budista beija um menino na boca e, em seguida, solicita que o garoto chupe sua língua. O gabinete do religioso de 87 anos informou que ele pretende se desculpar com a criança e a família “pela dor que suas palavras possam ter causado”.

“Sua Santidade costuma brincar com pessoas que conhece, de maneira inocente e brincalhona, mesmo em público e diante das câmeras. Ele lamenta esse incidente”, diz o comunicado publicado na conta oficial dele nas redes sociais.

O caso ocorreu no fim de fevereiro, durante interação entre o líder budista e estudantes, em um templo situado em Dharamshala, na Índia. No vídeo, um dos jovens se aproxima do microfone no evento e pergunta se pode abraçar Dalai Lama.

O religioso convida a criança a subir na plataforma, onde ele estava sentado. Apontando para a bochecha, ele pede um beijo no local, após a criança beijá-lo e lhe dar um abraço.

Em seguida, Lama segura o menino, dizendo “acho que aqui também”, e dá um beijo na boca dele. “E chupe minha língua”, emendou. O menino rapidamente mostrou a própria língua e foi se afastar, enquanto Dalai Lama ria e puxava o menino para outro abraço, ao som de risos da plateia.

Veja:

Dalai Lama, Tenzin Gyatso, é a figura mais sagrada do budismo tibetano e vive exilado na Índia desde 1959, quando o Tibete foi anexado pela China.

Confira o pedido de desculpas: