Início Camaçari CUT e sindicalistas fazem protesto contra fechamento da Fafen em Camaçari

CUT e sindicalistas fazem protesto contra fechamento da Fafen em Camaçari

(Foto: Reprodução)

Trabalhadores e representantes de sindicatos fecharam na manhã desta quarta-feira (30) a entrada no Polo Industrial de cidade de Camaçari em protesto ao anúncio do fechamento da unidade da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (FAFEN-BA).

Com isso, trabalhadores não estão chegando às empresas, paralisando parte das atividades no Polo. Cerca de 400 pessoas estão em frente à FAFEN. De lá, às 9h, eles devem realizar uma caminhada até a entrada do Polo.

O comunicado de encerrar as atividades foi feito pela Petrobras no ano passado. De acordo com setores ligados ao Polo, a decisão vai afetar o funcionamento de empresas que utilizam os produtos da fábrica como matéria-prima de produção de seus produtos.

Segundo Radiovaldo Costa, diretor de comunicação do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), o fechamento pode gerar cortes em empregos ligados de forma direta e indireta à empresa. Ele calcula que 800 funcionários entre tercerizados e com contrato direto devem ser demitidos. O impacto que se estende também para outras empresas do setor devem gerar uma massa de demissão de 1.100 pessoas.

O impacto do fechamento também deve atingir a geração de receita para a cidade de Camaçari e o estado da Bahia. Algo, ainda de acordo com o diretor de comunicação, em torno de R$60 milhões. A decisão de fechamento também se estende para a unidade da empresa no estado de Sergipe. *Correio 24h

Por: Divulgação/CUT-BA