Início Vitória da Conquista Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola

Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola

Candidate-se nas vagas de emprego em Camaçari: vagasemcamacari.com

Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola 1

A família de uma criança de apenas sete anos está denunciando um abuso sexual que teria acontecido dentro de uma escola no município de Vitória da Conquista, a 512 km de Salvador. De acordo com os parentes, o menino foi violentado por três adolescentes, na quarta-feira (11/12). Com informações do Aratu On

Leia também: Cenas fortes: Populares invadem delegacia, esquartejam e queimam corpo de estuprador de menina de 10 anos

As informações são da avó da criança – que fez aniversário no dia da ação -, Belina Souza Rodrigues. Segundo ela, o crime teria ocorrido no Centro Municipal de Educação Professor Paulo Freire (Caic), no bairro Zabelê. A idosa contou que a criança teria sido trancada no banheiro da escola por três adolescentes. Os suspeitos teriam roubado o dinheiro do lanche e inserido um objeto no ânus do menino.

Leia mais:
Menino de 9 anos morre atacado por cães ao tentar pegar pipa
Gboard da Google apresenta um novo bug, saiba como Corrigir

Homem é flagrado usando símbolo do nazismo em MG; entenda o que diz a lei

Os pais da criança perceberam que ela estava suja de fezes ao voltar da escola. Questionada, a vítima tentou disfarçar e disse que os adolescentes teriam jogado fezes nele. Mais tarde, porém, os pais verificaram o sangramento na região anal e o encaminharam para o Hospital Municipal Esaú Matos, onde ele recebeu atendimento médico, que confirmou a possibilidade de o estupro coletivo ter sido consumado.

Leia mais:
Saiba como fazer Retrospectiva no Instagram

A Prefeitura de Vitória da Conquista divulgou uma nota, por meio da Secretaria da Educação, informando que faria, nesta quinta-feira (12/12), uma reunião para começar a apurar os responsáveis. “Certificado de que houve qualquer tipo de omissão ou descuido, as punições serão aplicadas. Dentre elas, a possibilidade do afastamento de toda a equipe gestora da escola”, disse o comunicado.

Leia mais:
Com apenas 12 anos, ele abriu uma escola em seu quintal para ajudar outras crianças
Saiba qual o significado das cores no réveillon para os (não)supersticioso

O órgão informou ainda que a criança e os familiares estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar. “Em relação aos adolescentes acusados pela criança, também será feita a avaliação das ações em relação a eles. Em confirmado que o delito foi efetivamente cometido, eles serão encaminhados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público, para que as medidas determinantes nesses casos sejam tomadas”.

O menino foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), que vai apurar se houve ou não o estupro.