Início Vitória da Conquista Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola

Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola

Criança sofre estupro coletivo no dia do aniversário dentro de escola 1

A família de uma criança de apenas sete anos está denunciando um abuso sexual que teria acontecido dentro de uma escola no município de Vitória da Conquista, a 512 km de Salvador. De acordo com os parentes, o menino foi violentado por três adolescentes, na quarta-feira (11/12). Com informações do Aratu On

Leia também: Cenas fortes: Populares invadem delegacia, esquartejam e queimam corpo de estuprador de menina de 10 anos

As informações são da avó da criança – que fez aniversário no dia da ação -, Belina Souza Rodrigues. Segundo ela, o crime teria ocorrido no Centro Municipal de Educação Professor Paulo Freire (Caic), no bairro Zabelê. A idosa contou que a criança teria sido trancada no banheiro da escola por três adolescentes. Os suspeitos teriam roubado o dinheiro do lanche e inserido um objeto no ânus do menino.

Leia mais:
Menino de 9 anos morre atacado por cães ao tentar pegar pipa
Gboard da Google apresenta um novo bug, saiba como Corrigir

Homem é flagrado usando símbolo do nazismo em MG; entenda o que diz a lei

Os pais da criança perceberam que ela estava suja de fezes ao voltar da escola. Questionada, a vítima tentou disfarçar e disse que os adolescentes teriam jogado fezes nele. Mais tarde, porém, os pais verificaram o sangramento na região anal e o encaminharam para o Hospital Municipal Esaú Matos, onde ele recebeu atendimento médico, que confirmou a possibilidade de o estupro coletivo ter sido consumado.

Leia mais:
Saiba como fazer Retrospectiva no Instagram

A Prefeitura de Vitória da Conquista divulgou uma nota, por meio da Secretaria da Educação, informando que faria, nesta quinta-feira (12/12), uma reunião para começar a apurar os responsáveis. “Certificado de que houve qualquer tipo de omissão ou descuido, as punições serão aplicadas. Dentre elas, a possibilidade do afastamento de toda a equipe gestora da escola”, disse o comunicado.

Leia mais:
Com apenas 12 anos, ele abriu uma escola em seu quintal para ajudar outras crianças
Saiba qual o significado das cores no réveillon para os (não)supersticioso

O órgão informou ainda que a criança e os familiares estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar. “Em relação aos adolescentes acusados pela criança, também será feita a avaliação das ações em relação a eles. Em confirmado que o delito foi efetivamente cometido, eles serão encaminhados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público, para que as medidas determinantes nesses casos sejam tomadas”.

O menino foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), que vai apurar se houve ou não o estupro.