Início Notícias Corpos e destroços de avião que caiu com time de futebol são...

Corpos e destroços de avião que caiu com time de futebol são achados 50 anos depois nos Andes

Avião Douglas DC-3, modelo que caiu nos Andes com o time chileno Green Cross em 3 de abril de 1961

Mais de 50 anos depois da queda de um avião com um time inteiro de futebol na Cordilheira dos Andes, no Chile, uma equipe de alpinistas encontrou os destroços do avião e os corpos dos 24 passageiros, incluindo treinadores e jogadores. O avião Douglas C-3 caiu nos Andes em 1961 e seu paradeiro era desconhecido até poucos dias atrás.

“Uma grande parte da fuselagem ainda está intacta e há muito material, como ossos humanos, espalhados em torno do local do acidente”, afirmou Leonardo Albornoz, um dos alpinistas que localizou os destroços. “Senti a energia do lugar. Você podia respirar a dor”, afirmou Albornoz.

A aeronave, que caiu a 300 km da capital, teve imagens divulgadas pela televisão chilena nesta segunda-feira (9). O local da queda da aeronave não foi divulgado para que, segundo a equipe de alpinistas, não se tornasse um local de visitação e fosse preservada a tristeza do lugar.

“Não queremos que este lugar seja explorado pelas pessoas e que destroços sejam retirados do local como troféus. Temos que lembrar a todos que pessoas morreram aqui e suas famílias merecem respeito”, declarou.

A tragédia com o Green Cross, um dos principais times de futebol chileno, chocou o país. Os jogadores retornavam para Santiago após disputar uma partida em Osorno, no Sul do Chile.

A partida terminou empada em 1 a 1. Mesmo após a queda do avião e a morte de quase o time inteiro, os jogadores sobreviventes decidiram disputar a partida de volta e perderam por 1 a 0.

Equipes de buscas tentaram localizar o avião e os corpos das vítimas na época. Sem sucesso, as autoridades realizaram funerais simbólicos.

Correio da Bahia