Início Camaçari Coronavírus: trabalhadores do Polo de Camaçari serão atendidos no Santa Helena

Coronavírus: trabalhadores do Polo de Camaçari serão atendidos no Santa Helena

Coronavírus: trabalhadores do Polo de Camaçari serão atendidos no Santa Helena 1
Foto: Divulgação

A partir desta segunda-feira (23), os cerca de 45 mil trabalhadores do Polo Petroquímico de Camaçari poderão buscar atendimento de emergência no Hospital Santa Helena, também em Camaçari, tanto para casos de Covid-19 quanto para outras ocorrências, como acidente de trabalho. O hospital privado fechou convênio com o Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), que administra o complexo industrial, e o local passará a funcionar como unidade de referência para situações de emergência respiratória.

Conforme explica a unidade médica, o procedimento se dará da seguinte maneira: no Polo, se um paciente necessitar de atendimento, os primeiros socorros serão realizados por uma equipe do próprio Cofic, já que o comitê possui duas ambulâncias com UTI para atendimento e resgate das pessoas, junto com a sua brigada de emergência. Os pacientes que demandarem maior atenção serão transportados para o Hospital Santa Helena.

De acordo com o hospital, a ideia é dispensar as pessoas do trajeto de Camaçari à Salvador, distantes quase 50 Km. “Com isso, a gente quer evitar a morte por demora do transporte. Enquanto em Salvador só 11% da população tem saúde suplementar, em Camaçari essa taxa muito mais alta, de 27%, porque as empresas do Polo dão assistência aos empregados”, explica o diretor médico do hospital, Raimundo Pinheiro.

Em dias comuns, antes da pandemia, a unidade recebia diariamente cerca de 200 pacientes com queixas de doença respiratória. Nesta última semana, os atendimentos do tipo subiram para quase 450, conforme dados do diretor. Nenhuma das internações deu positivo para o novo coronavírus. De acordo com o boletim mais recente da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), Camaçari tem um caso de Covid-19. Além disso, Lauro de Freitas, também na Região Metropolitana de Salvador, registrou três casos.

Em função do surto de contaminação por coronavírus no país, a unidade médica ampliou sua estrutura física e conta com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), podendo aumentar para 20 leitos. O hospital também adquiriu 20 novos respiradores, totalizando 31 equipamentos para atendimento de casos de doenças respiratórias, como é o caso da Covid-19.

Nesta reestruturação, o Santa Helena construiu ainda uma entrada diferenciada para a emergência geral respiratória e transformou sua ala ortopédica em sala de espera para respeitar o distanciamento social mínimo necessário a fim de evitar contaminação. Em breve, a unidade suspenderá os atendimentos eletivos, ou seja, que não são de urgência e emergência.