Início Camaçari Companheiro de mulher morta em Dias d’Ávila era alvo dos traficantes, diz...

Companheiro de mulher morta em Dias d’Ávila era alvo dos traficantes, diz delegado

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Os traficantes que invadiram a casa e mataram Franciléia Sodré, de 41 anos, e sua mãe, Ana Maria Moreira dos Santos, 65, em Dias d’Ávila, teriam ido em busca do companheiro de Franciléia, como não o encontraram, resolveram matar a mulher. Na ação, a idosa chegou a ser socorrida para o Hospital Geral de Camaçari, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na quinta-feira (03).

Em entrevista à  Record TV Itapoan, o delegado titular da 25ª Delegacia Territorial, Bruno Pereira, afirmou que o crime tem relação com a disputa de facções na região, já que o homem já fez parte de um grupo rival no passado. 

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Pereira explicou que o companheiro de Franciléia tem passagem pela polícia, mas nada recente. Ele já teria abandonado a facção, mas estava morando em um bairro dominado por outro grupo, que não estava aceitando sua presença.

À RecordTV Itapoan, o delegado contou que o homem afirmou ter sofrido uma tentativa de homicídio há um tempo, mas não teria registrado a ocorrência da delegacia. “Só veio depois dessa tragédia […] Ele demonstrou estar bastante emocionado, chegando a chorar, percebe que estava abalado com esse crime”, afirmou.

Pereira negou que o filho de Franciléia estivesse envolvido com alguma facção criminosa.

A polícia já começou a investigação e já estão identificando os autores do crime, segundo o delegado.

Por BNews