Início Brasil Comida levada por Flordelis para filho em presídio foi apreendida durante visita

Comida levada por Flordelis para filho em presídio foi apreendida durante visita

Comida levada por Flordelis para filho em presídio foi apreendida durante visita 1

A deputada federal Flordelis dos Santos, suspeita de arquitetar a morte do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, foi impedida de levar alimentos para o filho adotivo Lucas Cezar Santos, preso na Cadeia Pública Tiago Telles de Castro, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. A informação é da CNN Brasil.

O jovem é acusado de envolvimento na morte do pastor junto com outros irmãos adotivos. Os agentes penitenciários não permitiram que a comida entregue pela deputada chegasse até a cela onde ele estava. A tentativa ocorreu em março deste ano, mas foi revelada somente nesta semana ao canal de TV pela empresária Regiane Rabelo, ex-patroa do rapaz. Ela acredita que a refeição estava envenenada.

De acordo com as investigações da Divisão de Homicídio de Niterói, parte da família já tinha tentado envenenar o pastor Anderson colocando em suas refeições arsênio. Ele chegou a dar entrada diversas vezes em emergências médicas como sintomas como enjoo e sudorese.

O Patrão de Lucas e marido de Regiane, Marcio Rabelo contou à produção da CNN que em abril de 2019, quando Lucas tinha ainda 17 anos, ele foi apreendido por suspeita de vender drogas. Acabou sendo liberado após se comprometer a comparecer todo mês à Justiça com um responsável. Eles acreditam que por conta do histórico do filho, Flordelis tentou incriminá-lo.