Início Bahia Com aumento para R$ 5,410, etanol na Bahia é o mais caro...

Com aumento para R$ 5,410, etanol na Bahia é o mais caro do Brasil

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Por Rafaela Felicciano/Metrópoles

O preço do etanol na Bahia registrou aumento de 6,73% na última semana – alcançando R$ 5,410 – e se tornou o mais caro do país, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os valores subiram em 20 estados e no Distrito Federal (DF) entre os dias 24 e 30 de outubro, de acordo com levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas. A informação é do A Tarde*

Somente cinco estados registraram diminuição no custo, enquanto que o Amapá, no norte do país, manteve o valor estável. A pesquisa foi feita em postos de combustíveis e, em média, o preço do etanol foi elevado em 3,92%, em relação à semana anterior, saindo de R$ 4,875 para R$ 5,066 o litro.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Em relação aos últimos 30 dias, o estado de Minas Gerais desponta no ranking com 9,10% a mais no litro do biocombustível. A média do país é de alta de 7,44% desde o início de outubro.

O fator da alta dos preços é consequência da quebra da safra de cana-de-açúcar no Brasil. Até o meio de outubro, a moagem das plantações reduziu em 9,56% no Centro-Sul, em relação ao acumulado da temporada 2021/22. O etanol produzido, então, reduziu em 17,93%, de acordo com os estudos da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

A tendência não é de melhoria no cenário. O etanol também acompanha a alta da gasolina, que se reajusta após decisão da Petrobras. No estado de São Paulo, líder da produção, consumo e com maior quantidade de postos com etanol, a cotação média do insumo hidratado chegou a R$ 4,876 o litro, ou seja, aumento de 4,01% em apenas uma semana. No sul do país, o Rio Grande do Sul tem postos com R$ 7,399 por litro, empurrando a média estatual para R$ 6,464.

Gasolina
Também no período de 24 a 30 de outubro, conforme divulga a ANP, a gasolina está mais competitiva que o etanol em todos territórios compilados. O derivado de cana ou de milho tem menor poder calorífico, impactando no preço limite de 70% em relação à gasolina nos postos analisados em todo país. A média do etanol está com paridade de 77,20% ante a gasolina, explica a reportagem do Globo Rural.