Início Destaque Com arma em mãos, homem ameaça massacre em escola do Subúrbio de...

Com arma em mãos, homem ameaça massacre em escola do Subúrbio de Salvador e abre contagem regressiva

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Uma ameaça de massacre que estaria sendo programado para acontecer no Colégio Barros Barreto, localizado em Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, assustou pais e alunos. As mensagens foram postadas, na segunda-feira (16/5), por meio de publicações em uma conta de Instagram criada somente para disseminar o terror.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Os prints mostram o suposto criminoso dando informações sobre o atentado. Entre elas, ele afirma já ter os alvos definidos e abre uma contagem regressiva: 25 dias até o possível acontecimento. Em uma das publicações, realizada na parte “stories” da rede social, um criminoso é visto com uma pistola em mãos.

Em grupos de “WhatsApp”, os pais de alunos se disseram assustados. “Estamos levando e buscando os meninos na escola e não tem uma viatura lá”, afirmou, assustado, um dos responsáveis. Nas publicações, erros de português são vistos e inconsistências alegam que o fato pode não se passar de uma brincadeira de mau gosto.

Em nota a Secretária de Educação (SEC) lamentou as ameaças e tranquilizou os pais. “Lamentável esse tipo de situação. A escola é lugar dedicado ao conhecimento e à formação cidadã e não pode ser alvo desse tipo de boato”.

“A Secretaria da Educação acionou a Secretaria de Segurança Pública e informa que os colégios estão abertos para o desenvolvimento normal das atividades”, completou a SEC.

Com informações do Aratu ON