Início Salvador Casos de dermatite assustam moradores de condomínios de luxo em Salvador

Casos de dermatite assustam moradores de condomínios de luxo em Salvador


Por: Tiago Di Araujo | BNews

Moradores dos condomínios Le Parc, na região da Avenida Paralela, e Greenville, no bairro de Patamares, em Salvador, estão assustados com os recorrentes casos de dermatite que tem ocorrido entre os condôminos. Segundo informações obtidas pelo BNews, várias pessoas apresentaram nos últimos dias inflamações na pele, em diferentes partes do corpo, o que tem deixado moradores e funcionários em alerta.

Ainda não há informações do que está provocando as inflamações e os gestores dos condomínios já contrataram uma equipe de infectologistas para identificação da causa. Os condôminos também contam com apoio de agentes de saúde municipais e estaduais.

A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde, que informou já ter conhecimento das ocorrências. “Uma equipe da Vigilância Epidemiológica e do Centro de Controle de Zoonoses estão fazendo o monitoramento do local para investigar a causa desse agravo. A situação não está sendo tratada como surto. Algumas pessoas da região do Greenville apresentaram sintomas de dermatite e estamos atuando no local para identificação da causa”, diz comunicado do órgão que destacou ainda não ter números consolidados de quantos casos foram registrados.

O BNews também procurou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), que disse já ter iniciado as investigações para descobrir o que tem provocado os casos. “A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), informa que as amostras já analisadas foram negativas para arboviroses como dengue, zika, chicungunya, mas as investigações continuam”.

Após repercussão do caso, o Le Parc enviou comunicado aos condôminos negando que as ocorrências tenham sido registradas no condomínio, o que, conforme informativo, foi comprovado por agentes do Controle de Zoonoses de Salvador nesta quarata-feira (17).