Início Amado Bahia Caso Manuelle: investigações apontam estupro, latrocínio e tribunal do crime; saiba detalhes

Caso Manuelle: investigações apontam estupro, latrocínio e tribunal do crime; saiba detalhes

Fotos: Redes sociais/Montagem: Informe Baiano

A vendedora Manuelle Viviane da Silva de Jesus, 35 anos, teria sido morta por um assaltante, que foi executado logo em seguida por traficantes de drogas. É o que aponta a investigação, conforme relatou ao Informe Baiano uma fonte, nesta quarta-feira (07/06). A vítima desapareceu na sexta-feira (02/06) e o latrocínio teria ocorrido no mesmo dia. Manuelle seguia para o distrito Amado Bahia e não retornou mais para casa. Com informações do Informe Baiano

Os corpos da funcionária da Brisanet e do seu suposto assassino, Wallace da Silva Santos, 21 anos, foram encontrados em estado avançado de decomposição, na madrugada de domingo (04/06), no município de Mata de São João, região metropolitana de Salvador. Populares localizaram as vítimas por volta das 23h, às margens da BA-093, no KM 30.

A fonte do IB relata ainda que Wallace teria roubado dois celulares de Manuelle. Ao tomar conhecimento do caso, traficantes encontraram o suposto autor do latrocínio e fizeram justiça com as próprias mãos. Wallace foi torturado em um tribunal do crime e recebeu vários tiros, além de golpes com arma branca.

Há ainda a suspeita que Manuella foi estuprada por Wallace antes de ser morta. O corpo dele foi desovado pelos bandidos no mesmo lugar onde a trabalhadora foi assassinada.

A 36ª Delegacia Territorial de Mata de São João investiga o caso.