Início Notícias CARNAVAL: Perdeu os documentos no Carnaval? Saiba como tirar a segunda via...

CARNAVAL: Perdeu os documentos no Carnaval? Saiba como tirar a segunda via durante a festa

No caso da CNH, o folião já sai com a 2ª via. O SAC Móvel permite que os cidadãos agendem atendimento para retirada de outra via

Se descuidou ou foi assaltado neste Carnaval? Os foliões que tiveram os documentos perdidos ou roubados podem agendar atendimento no SAC para tirar a segunda via, ou até mesmo já sair com um novo documento, durante o período de festa.

Perdeu os documentos no Carnaval? Saiba como tirar a segunda via durante a festa
(Foto: Reprodução)

No caso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), é possível sair do circuito já com a sua nova cópia. Um posto especial do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) atende os cidadãos em Ondina e emite uma segunda via da carteira de motorista. Os interessados devem se apresentar o local com o boletim de ocorrência policial e o RG, preparado para realizar o pagamento de uma taxa de R$ 46,80.

Já o SAC Móvel está presente nos circuitos Barra-Ondina (Dodô) e Campo Grande (Osmar) durante toda a festa. Lá, o folião poderá fazer o registro e o recolhimento de documentos perdidos durante o carnaval até esta terça-feira (17). Também é possível agendar atendimento para a emissão da segunda via do RG nos postos do SAC Móvel.

Todos os agendamentos serão cumpridos a partir da Quarta-Feira de Cinzas (18), nos postos do Sac dos shoppings Paralela, Liberdade e Salvador, assim como nos postos de Lauro de Freitas e Feira Centro II, em Feira de Santana.

Localização dos SACs nos circuitos da folia
O posto do SAC Móvel em Ondina está localizado no canteiro central da avenida Adhemar de Barros, aberto das 14h às 2h. Já a unidade instalada na Rua Politeama de Cima fica ao lado do Instituto Feminino da Bahia, bairro do Politeama. O posto atenderá do meio-dia à meia-noite.

As carretas também realizam o bloqueio de cheques e cartões de crédito, através do Alerta Cidadão; e oferecem informações sobre as atrações da festa e de mobilidade urbana, como serviços de táxi, linhas e roteiros dos ônibus e do metrô; pulseiras de identificação para crianças e adolescentes, preservativos masculinos e serviços públicos prestados durante o Carnaval, bem como o atendimento da Ouvidoria Geral do Estado.

Fonte: Correio da Bahia