Início Amado Bahia Cantor de forró acusado de matar namorada em Mata de São João...

Cantor de forró acusado de matar namorada em Mata de São João se entrega à Polícia

Cantor de forró acusado de matar namorada em Mata de São João se entrega à Polícia 1
Foto: Divulgação/Polícia Civil

O delegado titular de Mata de São João, Euvaldo Costa, anunciou agora pouco que Alessandro Souza dos Santos, acusado de matar a namorada Daiane Oliveira Mota há 10 dias no distrito de Amado Bahia, em mata de São João, se entregou no inicio da noite desta segunda-feira (22).

De acordo com informações apuradas pelo Mais Região, Alessandro se entregou à polícia através de seu advogado no Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), no prédio-sede da Polícia Civil, na Piedade. O acusado foi encaminhado para o departamento de Polícia Técnica de Salvador (DPT), onde faz exame de corpo de delito.

Alessandro deve ser encaminhado na manhã desta terça-feira (23) para a custodia da delegacia de Mata de São João, onde ficará a disposição da Justiça.

Segundo o delegado, o caso está elucidado. “Temos o autor preso. Não há nenhum indício da participação de outra pessoa no crime, e ele já confessou. Em pouco tempo teremos o caso totalmente concluído”, explica.

A morte brutal de Daiane ganhou repercussão nas redes sociais e na imprensa da Capital. Nesta segunda, familiares e amigos da jovem participaram ao vivo do programa Bahia Meio Dia, da Tv Bahia, e fizeram uma manifestação para pedir Justiça. O caso também foi divulgado na Tv Record e Tv Aratu.

Entenda o caso

A jovem Daiane Oliveira Mota foi morta com dois golpes de faca pelo namorado, Alessandro Souza dos Santos, na casa da mãe dele no dia 12 de julho. O crime aconteceu na Rua Heitor Vicente Viana, no distrito de Amado Bahia.

A vítima, que tinha 22 anos, não chegou a ser socorrida pois não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O assassino relatou ao pai em mensagens enviadas pelo WhatsApp que a motivação do crime seria traição, versão que é contestada por familiares e amigos da jovem.

Um primo da vítima, Danilo Oliveira, disse em entrevista ao portal G1 disse que a jovem tentou terminar o relacionamento em 2018, mas o suspeito pediu que eles reatassem e ainda fez uma tatuagem com o nome dela.

Cantor de forró acusado de matar namorada em Mata de São João se entrega à Polícia 2
Daiane, de 22 anos, foi morta a facadas na Bahia e o namorado é o principal suspeito — Foto: Arquivo Pessoal

“Eles estavam com a relação abalada. Ela queria terminar, não sei o motivo, parece que não estava mais dando certo, mas ela não conseguia. Ele dizia que estava em depressão, sofrendo e que iria se matar, mas nunca soubemos de agressões dele contra ela. Ele conhecia toda a família, era tranquilo. A casa dele era cerca de 1km de distância da dela. As famílias se conheciam”, contou Danilo.

“Depois que ela chegou do trabalho, ele veio buscar ela para ir na casa dele. Lá [na casa] ele trancou o quarto e atacou ela. Quando ele esfaqueou ela, ela gritou. Um cunhado dele ouviu e correu para o quarto. Ao perceber que a porta estava trancada, o cunhado dele arrombou a porta e ainda o viu com a faca na mão. Ele fugiu”, contou Danilo.

Por Mais Região