Início Dias D’Ávila Câmara aprova Lei que proíbe transexuais de usarem banheiros segundo o gênero

Câmara aprova Lei que proíbe transexuais de usarem banheiros segundo o gênero

Câmara aprova Lei que proíbe transexuais de usarem banheiros segundo o gênero 1
Por Mais Região

A Câmara de Dias d’Ávila aprovou, na manhã desta quarta-feira (3), em segunda votação, o projeto de lei que proíbe que travestis e transexuais utilizem banheiros, vestiários e demais espaços segregados de acordo com a sua identidade de gênero, nas repartições públicas e instituições privadas.

De autoria do vereador Júnior de Araci (PT), o projeto contou com apoio de onze parlamentares, com exceção dos vereadores Renato Henrique (PT), Zeni Coutou (PSD) e Junior do Requeijão (PDT) que se abstiveram de votar.

O projeto segue para a sanção da prefeita Jussara Márcia (PT).

Câmara aprova Lei que proíbe transexuais de usarem banheiros segundo o gênero 2

Votação polêmica

Antes de ser aprovado, houve desgaste entre dois vereadores da base do governo. Júnior de Araci se irritou com Renato Henrique, 1º secretário, por não ter colocado o projeto na pauta do dia.

“Tirar esse projeto, é uma falta de respeito com a família diasdavilense. Essa Casa [Câmara] tem normas e procedimentos. E esse projeto entrou aqui em primeira votação. Não tem que se prorrogar o projeto dá acesso ao resgate da família”, disparou Araci.

Renato Henrique justificou o motivo por não ter colocado para votação. “Em momento algum eu falei ser contra o projeto, apesar que eu acho que eficiência não é eficaz… Estou solicitando a Casa que siga o rito legal”, destacou o petista.

Para saber se colocava ou não para ser votado no dia, o presidente Dr. Zé Carlos decidiu fazer uma votação. Após empate, em 7 a 7, ele desempatou e colocou o projeto para ser votado.

Antes da discussão, Zé Carlos havia interrompido a sessão por 10 minutos para conversar sobre o assunto.

Foi a primeira que os vereadores da base governista entraram em ‘rota de colisão’ para aprovar um projeto na Casa.